São Paulo domina e vence o Rentistas pela Libertadores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

São Paulo domina e vence o Rentistas pela Libertadores

São Paulo x Rentistas - Comemoração Pablo
Pablo fez o primeiro gol do São Paulo na partida desta quinta-feira (Foto: Sebastiao Moreira / POOL / AFP)
LANCE! - 29/04/2021 - 22:55
São Paulo (SP)
O São Paulo venceu o Rentistas na noite desta quinta-feira (29), por 2 a 0. Os gols da vitória foram marcados pelo atacante Pablo, aos 37 minutos da primeira etapa, e com Reinaldo, batendo pênalti, aos 44 do segundo tempo.

Cotia em alta: veja até quando vão os contratos dos jovens revelados no São Paulo

Com esse resultado, o Tricolor continua na liderança do Grupo E, com seis pontos, enquanto o Rentistas é o terceiro colocado, com um ponto conquistado durante a campanha. Agora, o clube do Morumbi tem o clássico contra o Corinthians, na Neo Química Arena, pelo Paulistão. O horário ainda não está definido.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DA LIBERTADORES DE 2021


São Paulo começa pressionando o Rentistas
O primeiro tempo iniciou com o São Paulo partindo pra cima do clube uruguaio, que se fechava na defesa, esperando um contra-ataque, A primeira boa chance do Tricolor aconteceu aos cinco minutos. 

Daniel Alves cruzou na marca do pênalti, Miranda desviou buscando o canto esquerdo do gol, mas a bola foi para fora. Dois minutos depois, Benítez recebeu a bola na entrada da área e deu um toquinho de primeira buscando Luciano. O atacante tentou se jogar na bola para finalizar, mas não alcançou.

E MAIS:
Luciano perde grande chance de abrir o placar
Mesmo com as chances desperdiçadas, o São Paulo não desistiu e perdeu uma ótima chance de abrir o marcador. Aos 16 minutos, Rossi recebeu o passe na grande área, e Luciano chegou para bloquear o passe. O atacante puxa para a esquerda, bateu, mas o goleiro se recuperou bem para salvar a equipe.

A primeira finalização do Rentistas aconteceu com 18 minutos da primeira etapa. Francisco Duarte arriscou o chute de fora da área, mas a finalização saiu rasteira, para uma defesa tranquila de Tiago Volpi.

Tricolor segue na pressão, mas bola não entra
A medida que o tempo passava, o nervosismo tomava conta do São Paulo, que ainda assim, continuava chegando na meta do Rentistas. Com 30 minutos, Arboleda tocou em profundidade para Liziero, o volante cruzou para trás, mas a zaga travou. Na sobra, Luciano chegou batendo, a bola desviou e foi para fora.

Depois, foi a vez de Benítez arriscar duas vezes. Aos 31, o meia arriscou o chute de fora da área, mas a bola passa por cima do gol de Rossi. Um minuto depois, ele recebeu na intermediária do ataque, deixou o marcador no chão e encheu o pé de direita. A bola passou por cima do gol, mas levando perigo para Rossi.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura
De tanto martelar, o São Paulo abriu o placar aos 37 minutos. Daniel Alves recebeu no campo de ataque pela direita e achou Pablo entre os dois zagueiros. O atacante dominou, conduziu, e bateu no cantinho de Rossi. Um gol importante para dar tranquilidade do time. 

Um gol para tranquilizar a equipe no intervalo da partida, que vinha sendo complicada devido a forte marcação da equipe uruguaia.

Segundo tempo começa e Rentistas ficam com um a menos 
O começo do segundo tempo foi bom para o São Paulo que, com vantagem no placar, conseguia controlar bem a partida. O jogo melhorou para o Tricolor aos aos seis minutos. Daniel Alves gingou para lá e para cá em cima de Acosta e sofreu a falta. O lateral do Rentistas foi expulso.

Com isso, o São Paulo passou a ter mais ainda a posse de bola, mas errava no último passe. Aos nove, Pablo cabeceou após escanteio, mas a bola passou ao lado da trave do goleiro Rossi. 

Rossi impede o São Paulo de ampliar o marcador
Conforme a partida foi passando, o São Paulo tomava ainda mais o controle do jogo. Aos 14 minutos, a equipe de Crespo teve duas chances para ampliar. Na primeira, Dani Alves cruzou, Pablo tentou a bicicleta, mas foi travado.

A jogada continuou, Benítez dominou na entrada da área e bateu, para boa defesa de Rossi. Só dava São Paulo no Morumbi. 

Jogo esfria e São Paulo cadencia
O jogo estava bom para o Tricolor, que trocava passes no campo de ataque, sem correr grandes riscos. Crespo colocou o equatoriano Rojas para dar mais velocidade.

O São Paulo chegou novamente com perigo somente aos 25 minutos. Daniel Alves cruzou e Pablo cabeceou para fora. O atacante reclamou de pênalti, mas o juiz mandou seguir.  No entanto, mesmo com superioridade numérica, o Tricolor não conseguia assustar a defesa uruguaia.

Rentistas assusta e quase empata
A torcida são-paulina teve emoções no segundo tempo. Aos 27 minutos, Reinaldo fez falta em Pérez na entrada da área, quase na risca. A infração foi cobrada direto no gol de Volpi, que espalmou o chute para o meio da área. Na sobra, Peraza finalizou no susto e quase marcou. A bola passou ao lado do gol são-paulino. 

O São Paulo voltou a chegar aos 34 minutos. Bola foi alçada na área do Rentistas, Rossi não conseguiu sair do gol, e João Rojas errou o chute de baixo da trave. O árbitro, porém, marcou falta em cima do goleiro. O Rentistas chegou novamente com 39 minutos. Após bola cruzada, Bruno Alves furou, mas Arboleda conseguiu afastar.

Reinaldo marca de pênalti e define a vitória 
O jogo estava controlado pelo São Paulo, que confirmou a vitória aos 44 minutos. Igor Gomes finalizou de bicicleta na área após a bola sobrar no alto, mas o chute bateu no braço de Mario Garcia. Pênalti, que Reinaldo bateu no ângulo para ampliar o marcador. 

Vitória do São Paulo, que chega a oito vitórias consecutivas e na liderança do Grupo E da Copa Libertadores. 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 RENTISTAS
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo.
Data/Horário: 29 de abril de 2021 (quinta-feira), às 21h
Árbitro: Nicolas Gamboa CHI)
Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Luis Onieva (PAR)
Cartões amarelos: Acosta, Duarte, Mario Garcia (Rentistas)
Cartões vermelhos: Acosta (Rentistas)
Gols: 1x0 Pablo (37'1ºT), 2x0 Reinaldo (44'2ºT)

SÃO PAULO: Volpi; Bruno Alves, Miranda e Arboleda; Daniel Alves, Luan, Liziero (William, aos 26'2ºT), Benítez (Rojas, aos 20'2ºT) e Reinaldo; Luciano (Igor Gomes, aos 42'2ºT) e Pablo (Vitor Bueno, aos 26'2ºT). Técnico: Hernán Crespo.

RENTISTAS: Nicolás Rossi; Morales, Fratta, Martín González, Acosta; Francisco Duarte (Mario Garcia, aos 17'2ºT), Cristóbal, Franco Pérez (Paiva, aos 31'2ºT) , Rodales (Urretaviscaya, aos 39'2ºT); Salomón Rodríguez e Peraza (Villar, aos 39'2ºT). Técnico: Martín Varini.



Facebook Lance Twitter Lance