Cuca elogia São Paulo e esconde planos para Daniel Alves e Juanfran
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cuca elogia São Paulo e esconde planos para Daniel Alves e Juanfran

São Paulo x Santos - Cuca
Cuca comemora vitória em clássico: 'É gostoso ver um clássico com cinco gols, com 34, 35 chutes a gol'
(Foto: Guilherme Rodrigues/MyPhoto Press/Lancepress!)
LANCE! - 10/08/2019 - 20:21
São Paulo (SP)
Para alívio da torcida, o São Paulo, enfim, conquistou uma vitória em clássico. Neste sábado, o Tricolor venceu o Santos por 3 a 2, no Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em coletiva, o técnico Cuca exaltou a vitória e comentou sobre os planos para os recém-contratados: Daniel Alves e Juanfran. 

- O plano que tenho para eles é segunda-feira começarem a treinar com todo mundo. Temos uma semana cheia para treinar e colocar as ideias em prática. Vou dividir as ideias com eles, não com a imprensa. Antes de falar sobre eles, temos que falar sobre o jogo que fez o Igor Vinicius, marcando o Soteldo, um diferencial do Santos. Marcou e foi um diferencial no ataque - comentou.

O comandante salientou a alteração na postura de jogo do primeiro para o segundo tempo. Além disso, admitiu que as substituições surtiram efeito. 



- Não merecíamos sair vaiados no primeiro tempo. Quero enaltecer a presença dos torcedores. Mas não achei justa a vaia. Não jogamos mal. Jogamos igual. Tivemos confiança, junto com a fortuna de jogar o time mais na frente, ter uma saída de bola mais rápida. Concluímos bem, fizemos os gols. Uma pena o Hernanes ter saído. Poderia ter mantido como estava ou segurar um pouco mais para ter o contra-ataque. O pessoal que entrou nos ajudou a vencer - analisou o treinador.

Com o resultado, o São Paulo somou 24 pontos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O Tricolor volta a campo pelo Brasileirão, no próximo domingo, às 16h, quando recebe o Ceará.


E MAIS:
OUTROS TRECHOS DA COLETIVA:

Estratégia
Jogo contra uma equipe de muita intensidade. Tendo alguns jogadores sem essa intensidade, não consigo marcar pressão. Escolhi os de intensidade um pouco maior e aprimorei na mudança no segundo tempo, dando ao Tchê Tchê a possibilidade de começar as jogadas. O Hernanes é importante. As trocas que a gente faz são ideias que a gente tem e terceiriza. Se dão certo, foi bem executado. O mérito é deles. Foram dois times que quiseram jogar. É difícil jogar contra o Santos. Tentamos marcar no ataque, pressionar para que eles tivessem o erro. Tem que enaltecer muito o jogo. É gostoso ver um clássico com cinco gols, com 34, 35 chutes a gol - disse o treinador.

Alexandre Pato
Tenho confiança em todos. Temos tido muita paciência com o Pato. Hoje ele foi mais competitivo. Ele tem se doado bastante. Quando sai, é por opção minha. A técnica dele é indiscutível. Fez um grande trabalho, principalmente pelos dois gols.

Tite gostou?
Agradou o jogo. Foram 34, 35 finalizações. É gostoso para a torcida, para o treinador ver a parte tática do jogo. Uma pena o Antony não ter jogado. Era mais um para ser observado. Acho que ele (Tite) curtiu o jogo.

Facebook Lance Twitter Lance