Técnico rodado, plantel sem ataque e pouca idade: Altos-PI, o rival do Peixe
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Técnico rodado, plantel sem ataque e pouca idade: Altos-PI, o rival do Peixe

Leandro Campos
Leandro Campos é o técnico do Altos-PI. Preparação para o jogo foi toda fechada por ele (Foto: Luís Junior/Altos)
Ana Canhedo - 05/02/2019 - 14:24
São Paulo (SP)
Espelho da enormidade territorial do Brasil, a Copa do Brasil expõe as discrepâncias do futebol brasileiro logo em sua primeira fase. Nesta quarta-feira, estarão frente a frente o  Santos e Altos, modesto e novo clube do Piauí.  O jogo acontece nesta quarta-feira, a partir das 19h15, no estádio Albertão, em Teresina. A reportagem do LANCE! conversou com Leandro Campos, técnico do Jacaré, e conta algumas das curiosidades da equipe piauiense. 

Em relação ao jogo, a principal das curiosidade está no plantel: Campos não tem atacantes à disposição no elenco. Embora esteja conversando com a diretoria para encontrar peças, contra o Santos terá de improvisar com meias na posição de frente. 

- Hoje não temos nenhum. Vamos ter de improvisar, fazer com que os meias ocupem essa posição no ataque. Estamos com dificuldades para encontrar atacantes, estamos conversando - contou Campos, que preferiu não revelar o time-base do Altos, clube fundado em 2013 com a ajuda da prefeitura da cidade, mas admitiu o enorme favoritismo santista: 

- O mais importante disso tudo é aproveitar a chance para fazer algo diferente, principalmente os jogadores. O normal é que o Santos tenha mais chance de ganhar. Mas futebol são 11 contra 11 e vamos ter ser inteligentes como foi o Ituano (que venceu o Santos por 5 a 1, na última rodada do Paulistão). 

E MAIS:
Leandro Campos considera o Altos grande no estado, médio em relação ao Nordeste e ainda pequeno no cenário nacional. Além da Copa do Brasil, o clube já está disputando a Copa do Nordeste e o Campeonato Piauiense, do qual é bicampeão. A cidade de Altos fica a 40km de Teresina. Contra o Santos, a equipe deixará a cidade para rumar à capital piauiense e jogar no Albertão, palco considerado neutro e com capacidade para 50 mil pessoas. 

- Somos uma equipe emergente do Piauí, equipe jovem. Mas já ganhamos a segunda divisão (estadual) e somos bicampeões do estado. É um clube grande e respeitado no Piauí. Nosso estádio não comporta o jogo contra o Santos, mas vamos a um campo neutro. Até aqui, tivemos três empates. Estamos nos preparando há dois meses - completou. 

Gaúcho de Porto Alegre, Campos tem uma vasta rodagem. São 30 anos no futebol. Com passagens por: Joinville, Marcílio Dias, Metropolitano, Toledo, Matsubara, Caldense, Santo André, Ituano, São Bento, XV de Piracicaba, Inter de Limeira, XV de Jaú, União Barbarense, Francana e Comercial. Foi campeão brasileiro da Série C com o ABC em 2010 e campeão cearense com o Ceará em 2013. Esteve no América no ano passado. 

FICHA TÉCNICA DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DE ALTOS:

FUNDAÇÃO:
Em 2013, após chamado da prefeitura da cidade de Altos para formar um time de futebol para a disputa da Copa Meio-Norte.
PROFISSIONALIZAÇÃO: Em 2015, após a disputa da segunda divisão estadual.
TÍTULOS: Campeonato Piauiense (2017 e 2018), Taça Cidade de Teresina (2017 e 2018) e Campeonato Piauiense da segunda divisão (2015) 

Facebook Lance Twitter Lance