Sem Uribe e Raniel, Kaio Jorge ganhará nova chance no Santos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sem Uribe e Raniel, Kaio Jorge ganhará nova chance no Santos

Fábio Lázaro - 28/07/2020 - 18:08
Santos (SP)
O garoto Kaio Jorge, de 18 anos, tem tudo para ganhar nova chance no Santos, nesta quinta-feira, às 21h30, contra a Ponte Preta, pela única partida das quartas de final do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro. 

O jogador que já vinha ganhando espaço no Peixe pré-quarentena, tornou-se o favorito para ocupar a vaga de Eduardo Sasha, que aciona o Peixe judicialmente, alegando pendências financeiras, e não deve mais jogar pelo clube. Além disso, para o confronto diante a Macaca, o Alvinegro Praiano não terá mais dois atacantes que disputariam vaga com Kaio: Raniel e Uribe. 


Kaio Jorge
Kaio Jorge é uma das principais promessas do Santos nos últimos anos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Com um trauma no joelho esquerdo, após lesão sofrida no empate em 1 a 1 contra o Santo André, na última quarta-feira, na Vila, pela 11ª rodada do Paulistão, Raniel segue realizando um cronograma especial para recuperação, não treinou na atividade desta terça-feira, no CT Rei Pelé, e desfalcará o Peixe contra a Macaca. Já Uribe foi expulso no último domingo, na derrota santista por 3 a 2, de virada, contra o Novorizontino, na Arena Corinthians, em Itaquera, pela 12ª rodada do estadual, e cumprirá suspensão automática.

Yuri Alberto, que também poderia disputar a vaga entre os titulares, tem contrato até o fim do mês e comunicou a diretoria há 13 dias que não renovará o vínculo. O seu destino será o Internacional.


E MAIS:
Kaio Jorge

No time principal do Santos desde o ano passado, Kaio Jorge ganhou espaço de vez entre os profissionais neste ano, sob o comando de Jesualdo Ferreira, que o bancou como titular logo na primeira partida do ano, quando o Peixe empatou em 0 a 0 contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro, na estreia santista no Paulistão.

O Menino da Vila fez oito jogos na temporada, metade deles como titular, e marcou o seu primeiro gol na carreira logo quando debutou na Copa Libertadores da América. Saindo do banco de reservas, o camisa 19 foi o autor da virada do Santos por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia (ARG), no estádio Norberto Tomaghello, em Buenos Aires, pela primeira rodada da fase de grupos da competição continental em 2020.

Facebook Lance Twitter Lance