PM pune torcida do Santos por mosaico provocativo ao Corinthians
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

PM pune torcida do Santos por mosaico provocativo ao Corinthians

Mosaico Santos
Mosaico feito pela Torcida Jovem no clássico contra o Corinthians (Foto: Torcida Jovem do Santos)
LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE - 01/05/2021 - 10:45
SANTOS (SP)
A Torcida Jovem do Santos foi punida pela Polícia Militar e não poderá colocar suas faixas na Vila Belmiro na partida da próxima terça-feira, contra o The Strongest, pela fase de grupos da Copa Libertadores.

A punição aconteceu pela colocação de um mosaico provocativo ao Corinthians no clássico do último domingo, pelo Campeonato Paulista. Na ocasião, a torcida montou um mosaico com a frase "109 anos na primeira divisão", brincando com o rebaixamento do rival para a Série B do Campeonato Brasileiro.


E MAIS:
A informação da punição foi divulgada pela própria Torcida Jovem em suas redes sociais. A torcida protestou contra a decisão. Confira a nota:

A Torcida Jovem do Santos comunica que no jogo do dia 4/5 na Vila Belmiro estará impedida de colocar qualquer tipo de material. A punição foi registrada pela Polícia Militar, que considerou o mosaico da última partida - "109 anos na primeira divisão" - como uma provocação ao adversário. Embora não tenha existido nenhum comunicado no dia do jogo.

Além disso, produzimos o mosaico para exaltar nossa história, inegavelmente a mais gloriosa do país, o que torna impossível alegar que a ação tenha sido motivada por "provocação", como julgou a Polícia Militar.

Seguimos sem a clareza de definição de quais órgãos são responsáveis por essa análise e quais seus critérios, tornando as punições desproporcionais.

A punição por parte da PM não considerou quais campeonatos estavam em disputa, e determinou que a punição no Campeonato Paulista fosse cumprida na Copa Libertadores. Além disso, impossibilitou a colocação de faixas sem o nome da torcida, algo que ainda com público era possível.

Deixamos registrado também a absurda determinação do envio de ofício 48h antes de cada partida. Em meio a pandemia, com jogos sem público, essa é mais uma das ferramentas usadas para limitar nosso direito de torcer, até mesmo a distância.

Esperamos que a atual gestão do Santos Futebol Clube não seja tão passiva quanto as anteriores, no que diz respeito aos direitos e a liberdade do torcedor santista, e defenda sua história, que está sendo julgada como ofensiva.
Continuaremos exaltando a história do maior clube do mundo.

Facebook Lance Twitter Lance