Jesualdo busca conhecer melhor elenco do Santos antes de maratona
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Jesualdo busca conhecer melhor elenco do Santos antes de maratona

Jesualdo Ferreria
Jesualdo Ferreira durante treinamento no CT Rei Pelé (Foto: Ivan Storti/Santos)
Fábio Lázaro* - 13/02/2020 - 05:00
Santos (SP)
Pela segunda vez desde o início da temporada, o Santos está com a semana livre para treinar. Após a sequência sem jogos entre a derrota por 2 a 0 diante do Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Paulista, em Itaquera, no dia 2 de fevereiro, e a vitória, também por 2 a 0, contra o Botafogo-SP, pela sexta rodada do Estadual, nesta segunda, na Vila Belmiro, o time terá mais uma semana livre, antes de encarar a Ferroviária, neste domingo, às 19h, pela sexta rodada do Paulistão, em Araraquara.

Daqui há 16 dias, o Alvinegro terá uma sequência importante neste primeiro semestre. Serão oito partidas em 32 dias (média de um compromisso a cada quatro dias). Entre esses confrontos estão três jogos pela Copa Libertadores da América, contra Defensa y Justicia-ARG, Delfin-EQU e Olimpia-PAR, além de clássicos contra Palmeiras e São Paulo pelo Paulistão.


E MAIS:
Jesualdo Ferreira, então, utiliza o tempo que tem para conhecer melhor o seu plantel e extrair ao máximo o nível técnico, tático e físico dos seus jogadores. Nesta quarta-feira, os atletas que ainda não tiveram muitas chances em jogos oficiais realizaram um jogo-treino contra o Santos B e venceram por 4 a 1. Já nesta quinta-feira, o elenco treina em dois períodos.

Após cinco partidas na temporada, 22 jogadores dos 33 do elenco santista já entraram em campo - além de Derlis González, que deixou o Peixe para defender o Olimpia-PAR. O treinador português ainda não repetiu escalação.

Jesualdo não acredita que o elenco chegará ao seu nível máximo até a maratona de jogos, mas crê num crescimento no decorrer das partidas.

- Espero que a equipe evolua os níveis físicos e se entenda melhor taticamente dentro do jogo. Temos que melhorar nossa subida agressiva. Quando chegarmos a Libertadores não teremos dois meses de trabalho. Da minha experiência, nenhuma equipe consegue em dois meses ter níveis de poder dizer que chegou a um bom estágio de preparação - afirmou o português após a vitória contra o Botafogo-SP nesta segunda-feira.

Antes da sequência intensa, o Santos terá mais duas semanas livres: entre o duelo deste fim de semana, contra a Ferroviária, e o confronto diante o Ituano, em Itu, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, no dia 22 de fevereiro, e depois até o clássico contra o Palmeiras, pela oitava rodada do Estadual, no dia 29, jogo este que abre a importante maratona santista.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini

Facebook Lance Twitter Lance