Enquanto impasse segue, Jesualdo mantém preparação do Santos para o Brasileirão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Enquanto impasse segue, Jesualdo mantém preparação do Santos para o Brasileirão

Fábio Lázaro - 04/08/2020 - 14:15
Santos (SP)
O Santos ainda não definiu o futuro do técnico Jesualdo Ferreira. Enquanto isso, o treinador português, dono do cargo no Peixe, segue preparando o elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro, no qual a equipe estreia neste domingo (09), às 16h, contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro.

O Departamento de Futebol está à frente da situação no momento, mas a decisão final dos assuntos referentes ao clube é do Comitê Gestor. Enquanto isso, Jesualdo Ferreira comandou o primeiro treinamento do Alvinegro Praiano visando a competição nacional na tarde desta segunda-feira (03) e a previsão é que ele também esteja à frente do trabalho desta terça-feira (04).


E MAIS:
O impasse relacionado ao desligamento, ou não, de Jesualdo perdura desde a última quinta-feira (30), quando o Santos foi derrotado por 3 a 1 pela Ponte Preta, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, e consequentemente foi eliminado da competição. Insatisfeita, parte da diretoria defende a demissão do técnico, enquanto outra, encabeçada pelo Departamento de Futebol, opta pela manutenção da comissão, principalmente embasada no trabalho com as categorias de base, seja na promoção de pratas da casa ao time principal, quanto na atuação dos auxiliares de Jesualdo na equipe B.

Outro entrave é a situação financeira do Peixe, que é publicamente delicada. Caso Jesualdo Ferreira seja demitido, o Santos terá que desembolsar cerca de R$ 3,5 milhões, referentes aos salários até dezembro, quando o vínculo do treinador com o clube se encerra. Além disso, o Alvinegro Praiano tem pendente 70% dos salários de abril, maio e junho, reduzidos sem consentimento. Internamente, acredita-se que o bom relacionamento entre as partes possa propiciar a negociação dessas pendências.

Jesualdo Ferreira
Jesualdo comandou o Santos em 15 oportunidades, desde que assumiu o clube (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Facebook Lance Twitter Lance