Reedição de 81 confirmada! Com drama, Liverpool vence Monterrey após gol de Firmino aos 90
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Reedição de 81 confirmada! Com drama, Liverpool vence Monterrey após gol de Firmino aos 90

Monterrey x Liverpool - Comemoração
Liverpool venceu por 2 a 1 (Foto: GIUSEPPE CACACE / AFP)
Lazlo Dalfovo - 18/12/2019 - 15:34
Enviado especial a Doha (QAT)
A reedição da final de 1981 está confirmada. E foi com um sufoco ainda maior em relação ao passado pelo Flamengo. Na semifinal desta quarta-feira, o Liverpool sofreu por ter poupados jogadores, paquerou com o vexame, mas, ao 90 minutos, venceu o Monterrey-MEX, por 2 a 1, com gol de Roberto Firmino nos minutos finais. O palco foi o Estádio Internacional Khalifa.

VAI SER PASSEIO
O Liverpool usou a semifinal para descansar a maioria de seus titulares. Apenas Alisson, Henderson e Salah foram titulares, com o restante no banco de reservas. Desprezo pelo adversário? Possível, mas distante do perfil de Jürgen Klopp. E o início foi arrasador. Parecia que seria um passeio.


Aos 15 minutos, Salah, que ouviu um tremendo frisson pelos torcedores árabes cada vez que tocava na bola, achou um belíssimo passe para Keita, quebrando a defesa - e quebraria até o mais duro dos adversários na Liga dos Campeões, tamanha precisão. 

OPS... LIVERPOOL QUE LUTE
No entanto, o que foi visto foi um cenário longe do que se apresentava. O Monterrey empatou no lance seguinte - nascido em uma falta da entrada da área. Funes aproveitou o rebote de Alisson e empurrou para a rede. A partir dali, os mexicanos adquiriram confiança para se atirarem ao ataque. 

O time de Antonio Mohamed optou pelo jogo vertical e bolas longas, visando explorar a linha alta dos Reds. E foi assim que incomodou Alisson duas vezes. O brasileiro catou com a ponta dos dedos e evitou o pior antes de ir para o vestiário.

O BRILHO DE ALISSON
O camisa 1 estava mesmo disposto a ser protagonista. A etapa final permaneceu com o mesmo panorama: Liverpool com a bola, pouca construção com Chamberlain e Lallana, Sallah pouco acionado e Keita, como surpresa, dando trabalho. Do outro lado, bolas perigosas na meta de Alisson, que teve uma noite para ratificar o recente prêmio de melhor goleiro do mundo.

CALL THE GUYS! 
Klopp estava incomodado à beira do campo - inclusive levou amarelo ao bater boca com "El Turco" Mohamed. Em campo, o time permanecia sem acelerar e, muito menos, esboçar pressão no nível da sua superioridade. Aos 40 minutos, acionou o terceiro titular do banco: Roberto Firmino. O jogo era duro, até com as entradas anteriores de Alexander-Arnold e Mané. 

Parecia que não daria resultado - ao menos não antes da prorrogação. Outro engano. Bastou uma lasca de inspiração dos craques para que, aos 45, já no andar dos acréscimos, Salah atrair dois marcadores e a bola sobrar para o excelente lateral-direito. A bola veio com açúcar para Firmino, que deu a vitória com um toque regado a nojo. Na base do drama, mas foi. 

FLAMENGO DE OLHO

Toda a delegação do Flamengo fez questão de comparecer ao Klalifa para assistir ao jogo. Embora não fosse obrigatório, todos os jogadores e comissão técnica foram e viram de perto um Liverpool, em boa parte do confronto, sem o interesse visto em jogos de Liga dos Campeões e Premier League. 

Agora, acredita-se, tudo será diferente. O jogo será realizado neste sábado, às 14h (de Brasília; 20h30 no horário local), no mesmo Khalifa.

MONTERREY 1X2 LIVERPOOL

Estádio: Internacional Khalifa, em Doha (QAT)
Data-Hora: 18/12/2019, às 14h30 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI) - Nota LANCE!: 6,0 - Jogo não exigiu intervenção e o árbitro manteve a discrição.
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Alejandro Rios Ortiz (CHI)
VAR: Esteban Ostojich (URU)

Gramado: Excelente
Público/Renda: 45.416 / Renda não divulgada.

Cartões amarelos: Vangioni, Gallardo e Antonio Mohamed (MON); Joe Gomez e Jurgen Klopp (LIV)

Gols: Keita (0-1, 12'/1ºT), Funes Mori (1-1, 14'/1ºT) e Roberto Firmino (1-2, 46'/2ºT)

MONTERREY
Barovero; Medina, Nico Sánchez, Montes (Layún, 34'/2ºT) e Vangioni; Ortiz, Carlos Rodríguez, Pizarro (Gonzalez, 45'/2ºT) e Gallardo; Funes Mori e Pabón (Meza, 37'/2ºT) - Técnico: Antonio Mohamed

LIVERPOOL
Alisson; Milner (Alexander-Arnold, 29'/2ºT), Joe Gomez, Henderson e Robertson; Keita, Oxlade-Chamberlain, Lallana e Shaqiri (Mané, 23'/2ºT); Salah e Origi (Roberto Firmino, 39'/2ºT)- Técnico: Jurgen Klopp

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance