Sub-17 e sub-20 do Palmeiras treinam no Allianz para 'assentar' gramado
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sub-17 e sub-20 do Palmeiras treinam no Allianz para 'assentar' gramado

Allianz Parque
Equipes das categorias de base do Palmeiras treinaram no novo gramado do Allianz Parque nesta quinta (Divulgação)
Thiago Ferri e William Correia - 13/02/2020 - 16:58
São Paulo (SP)
As categorias de base do Palmeiras contribuíram nesta quinta-feira no trabalho de assentamento do gramado sintético do Allianz Parque. As equipes sub-17 e sub-20 do clube trabalharam, uma em cada período, no novo campo do estádio, que será sede dos treinamentos do time principal na sexta-feira e no sábado. No domingo, contra o Mirassol, será a primeira partida oficial.

Foram colocadas 54 toneladas do termoplástico que serve para ajudar na absorção de impacto e diminuição da temperatura do campo. Esta "borracha" ainda está solta, e irá assentar com a sequência de jogos. Por isso, quanto mais vezes o Palmeiras usar o novo gramado, melhor. Alessandro Oliveira, representante da Soccer Grass, fornecedora do gramado sintético, chegou a falar "Pise na grama, por favor", ao explicar a situação, na quarta-feira.



E MAIS:
O Palmeiras realizou a primeira atividade esportiva no novo gramado na quarta-feira e, nesta quinta-feira, de manhã e tarde, foi a vez das categorias de base. Às 10h desta sexta-feira, o treino será aberto para sócios-torcedores. No sábado, de manhã, o trabalho ocorrerá sem a presença da imprensa. No domingo, o duelo contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista, às 16h.

A sequência de atividades no campo já é uma mudança em relação ao que ocorria com a grama natural. A realização de treinamentos na arena era algo raríssimo quando o campo era natural, justamente pelo temor de prejudicar um piso que já sofria pelo calendário de eventos e a dificuldade com luz.

E os treinamentos no Allianz Parque serão mais frequentes. O campo que receberá grama sintética na Academia de Futebol ainda não está pronto. As obras foram atrapalhadas porque foram encontrados problemas no piso do local e, por conta disso, as chuvas que caíram desde janeiro em São Paulo foram mais prejudiciais do que no trabalho no Allianz Parque.

O Palmeiras ainda não divulgou a programação de treinamentos dos próximos dias, mas é bem provável que novas atividades aconteçam na arena na semana que vem - na próxima quinta-feira, o time enfrenta o Guarani, pelo Campeonato Paulista. Tudo parte, também, de um processo para o time desfrutar do principal benefício apontado com a troca da grama natural: atuar mais vezes dentro de casa, cada vez mais adaptado ao novo campo.

Como o Allianz Parque continuará recebendo eventos, a ideia, logicamente, é fazer os treinamentos na Academia de Futebol. Mas serão necessárias ainda de duas a três semanas para que o gramado sintético esteja completamente instalado no local onde Vanderlei Luxemburgo costuma comandar as atividades. Nesta quinta, o trabalho ocorreu em campo natural na Academia.

Facebook Lance Twitter Lance