'Quebrado' na pandemia, Luxa espera que talento apareça e substitua Dudu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

'Quebrado' na pandemia, Luxa espera que talento apareça e substitua Dudu

Vanderlei Luxemburgo Palmeiras
Luxemburgo não descarta contratação, mas espera que acanhados apareçam (Cesar Greco/Agência Palmeiras)
William Correia - 17/07/2020 - 16:18
São Paulo (SP)
Em 10 de março, o Palmeiras bateu o Guaraní, do Paraguai, por 3 a 1, no Allianz Parque, pela Libertadores, em uma elogiada atuação com quatro atacantes. Foi o penúltimo jogo antes da pausa por conta da pandemia do coronavírus e, de lá para cá, Dudu, principal jogador do time, foi negociado com o Al Duhail, do Qatar. Agora, enquanto busca um novo ajuste tático, Vanderlei Luxemburgo espera que um talento surja, seja no elenco ou com alguma contratação.

- Essa pandemia me deixou bravo por isso. Estávamos jogando bem compactos, sem espaço, tanto no setor ofensivo quanto no defensivo, começamos a encontrar um jeito de jogar com quatro atacantes sem ficar vulnerável. Aí veio a pandemia que danou tudo, e vendem o Dudu... Agora, tenho que ajeitar tudo de novo. A pandemia deu uma estragada em tudo, e não só no Palmeiras - comentou o técnico, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.


E MAIS:
Ao longo da conversa com os jornalistas, por videoconferência, o técnico falou diversas vezes sobre Dudu. O primeiro teste sem o atacante, que atuou no time por cinco anos e meio, será na quarta-feira, contra o Corinthians, e a esperança de Luxemburgo é que quem estava mais acanhado chame a responsabilidade, até porque a diretoria, a princípio, não pretende fazer contratações em meio à crise econômica - o elenco tem salários reduzidos há três meses.

- Isso surge naturalmente. Alguém vai chamar a responsabilidade, botar a cara para fora e chamar o jogo. Uma contratação ou um jogador mais acanhado que, de repente, vai aflorar, querer mais a bola, jogar mais. Só não sabemos ainda quem pode ser. Ajustarei a equipe dentro da característica do elenco que tenho para encontrar o melhor esquema com a saída do Dudu. E vou caminhar. Vai surgir algum talento para chamar a responsabilidade - apostou.

O treinador afirmou que ainda não decidiu se colocará mais um meio-campista na equipe ou dará oportunidade a mais um atacante, com a saída de Dudu, até porque a escalação para o Dérbi depende ainda de Rony ser liberado da suspensão de quatro meses imposta pela Fifa. Os treinamentos, até para minimizar os riscos de contágio, seguem sem a presença da imprensa.

- Com a saída do Dudu, preciso encontrar um substituto. Pode ser reforçando o meio-campo ou mantendo quatro atacantes e ver a distribuição em campo. Mas quero uma equipe definida. Mesmo sendo jogos em sequência, não vai ter um time na quarta-feira e outro no domingo - declarou, assegurando que, mesmo sem Dudu, o Palmeiras é candidato a conquistar tudo que disputa.

- Se eu falar que perdi a vontade de ser campeão, o (presidente Maurício) Galiotte tem que me mandar embora antes de começar o treino. A vontade é a mesma. Vamos nos mexer para fazer a coisa acontecer. Se o grupo é bom, continua bom. Se o Dudu tivesse se lesionado faltando três, quatro jogos para o fim do campeonato, não teria chance de ganhar título sem o Dudu?! Poderia ganhar do mesmo jeito. Continuo achando que tenho equipe para ganhar os campeonatos - afirmou Vanderlei Luxemburgo.

O Campeonato Paulista será retomado na quarta-feira, às 21h30, com o Palmeiras enfrentando o Corinthians, em Itaquera. Faltam duas rodadas para terminar a primeira fase e o Verdão protagoniza a segunda melhor campanha geral e do Grupo B, com 19 pontos em dez jogos, atrás do Santo André somente no saldo de gols.


Facebook Lance Twitter Lance