LANCE! Espresso: Luxemburgo luta por título para resgatar identificação com o torcedor do Palmeiras
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

LANCE! Espresso: Luxemburgo luta por título para resgatar identificação com o torcedor do Palmeiras

Palmeiras x Ponte Preta - Comemoração
(Foto: Cesar Greco)
Fabio Chiorino e Rodrigo Borges - 03/08/2020 - 07:25
São Paulo (SP)
O Palmeiras tem mais uma chance de sair da fila de títulos do Campeonato Paulista. A última vez, em 2008, o time tinha o mesmo Vanderlei Luxemburgo na beira do gramado. Foi também o último título do goleiro Marcos.

De lá para cá, muita coisa mudou: o Palmeiras foi do inferno do segundo rebaixamento à revolução que o recolocou entre as potências do futebol brasileiro, com três troféus nacionais nos últimos cinco anos. Mas o Corinthians, seu maior rival, continua sendo uma pedra no sapato. A última decisão entre os maiores rivais ainda é fresca. No mesmo Paulistão, em 2018, o Timão venceu nos pênaltis no Allianz Parque, partida que provocou até a ruptura do Palmeiras com a federação paulista, acusada de acobertar interferência externa em um lance crucial.

O Verdão não tem mais Dudu, sua grande estrela, mas, aos poucos, está moldando um novo esquema, em que os jovens vindos da base são protagonistas. Sem Gabriel Veron, machucado, coube a Gabriel Menino e Patrick de Paula, o autor do gol contra a Ponte Preta, a titularidade dentro de um elenco valioso, mas sem unanimidades.

Novamente, o Palmeiras decidirá em casa e precisará de paciência para romper o esquema de Tiago Nunes, que tirou o Corinthians do limbo durante a parada e colocou em campo um time equilibrado e eficiente. Luxemburgo sabe que este título pode resgatar sua identificação com o torcedor. É hora de menos raiva e mais estratégia.

O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. Leitura rápida, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance