Ricardo Goulart tem aval para seguir tratamento no Palmeiras até março
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ricardo Goulart tem aval para seguir tratamento no Palmeiras até março

Ricardo Goulart
Felipão mantém diálogo frequente com Ricardo Goulart, que interessa ao Palmeiras para este ano (Reprodução)
William Correia - 08/01/2019 - 15:29
São Paulo (SP)
Ricardo Goulart foi liberado pelo Guangzhou Evergrande para ficar no Palmeiras até março, mas somente para se tratar. O jogador segue utilizando as dependências da Academia de Futebol para se recuperar de cirurgia no joelho direito, como vem ocorrendo desde o fim do ano passado, com a aproximação do Verdão com os chineses feita por Luiz Felipe Scolari.

O próprio treinador revelou, em sua entrevista coletiva nesta terça-feira, a liberação de seu antigo clube na Ásia para Ricardo Goulart fazer seu tratamento no Palmeiras. Foi Felipão quem apresentou as condições que o meia-atacante tem para voltar a entrar em campo com a ajuda do time que o cobiça.


E MAIS:
- Ele tem feito a recuperação aqui. O Guangzhou nos deu a liberação, desde o ano passado, para que fizéssemos a cirurgia e a recuperação. E essa recuperação vai por janeiro, fevereiro, março, quem sabe? Até lá, ele fará a recuperação com os profissionais que são muito competentes daqui do Palmeiras, e que o Guangzhou conhece através do que notificamos a eles - contou Felipão.

De acordo com pessoas que trabalham com Ricardo Goulart, a recuperação pode não levar tanto tempo. Há a expectativa de que o jogador comece a trabalhar com bola, no gramado, em pouco tempo. E tê-lo atuando sob seu comando novamente é um desejo de Scolari, como ele mesmo insinuou.

- Todo excelente jogador interessa ao Palmeiras. (Ricardo Goulart) É um bom jogador. Pode deduzir. Mas o Goulart não tem convite, tem é de se recuperar, só. Esse é o trabalho dele - reforçou o treinador do Palmeiras.

Existe a intenção do jogador de atuar no Palmeiras, e a conversa entre atleta e clube está muito bem adiantada. Mas ainda resta a definição com os chineses. Seu contrato é válido até o começo de 2020 e, para jogar no Verdão, ele deve renovar por pelo menos um ano com o Guangzhou antes de ser emprestado até dezembro de 2019. Uma fatia do seu salário ficaria a cargo do Palmeiras e outra parte, da Crefisa, patrocinadora que deve se manter no clube até 2021.


Facebook Lance Twitter Lance