Com valor e prazo avançados, Verdão e Crefisa têm até dia 31 para renovar
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com valor e prazo avançados, Verdão e Crefisa têm até dia 31 para renovar

Leila Pereira e Maurício Galiotte
Leila Pereira e Maurício Galiotte têm ótima relação, inclusive na política do Palmeiras (Foto: Cesar Greco)
Thiago Ferri - 15/01/2019 - 07:00
São Paulo (SP)
O Palmeiras deve sacramentar nesta segunda quinzena de janeiro a renovação do contrato de patrocínio com Crefisa e FAM. Com boa relação entre as duas partes, as conversas já ficaram bem adiantadas para um vínculo de três temporadas, com o Verdão recebendo cerca de R$ 81 milhões por ano.

O contrato antigo era válido até o dia 31 de dezembro de 2018, mas há uma cláusula que abre a possibilidade de negociar a renovação ao longo do mês seguinte. Por isso, a permanência das marcas sairá nas próximas duas semanas.

A nova linha de uniformes, confeccionada pela Puma, já conta com as marcas da Crefisa e FAM. Leila Pereira, conselheira e dona das duas empresas, segue em suas redes sociais tratando o Palmeiras como um parceiro. Na segunda, inclusive, a patrocinadora postou um vídeo parabenizando o clube por pagar as passagens do time sub-20 do Galvez para voltar ao Acre.

Visualizar esta foto no Instagram.

Parabéns Palmeiras, por atitudes como essa que você é cada vez mais GIGANTE!!!💚💚💚

Uma publicação compartilhada por Leila Pereira Conselheira (@leilapereiraconselheira) em

Apesar da boa relação entre o presidente Maurício Galiotte e Leila Pereira, inclusive na política, a renovação não saiu logo em dezembro por conta da proposta da Blackstar. A conselheira preferiu esperar o clube ouvir a oferta, que no fim mostrou-se fraudulenta, para depois retomar as negociações.

Em 2018, Crefisa e FAM geraram ao Palmeiras R$ 78 milhões para ter a exclusividade de todo o uniforme. O valor subirá para cerca de R$ 81 milhões, além das seguintes bonificações: R$ 4 milhões para uma vaga na Libertadores, R$ 6 milhões pelo título paulista, R$ 8 milhões pelo da Copa do Brasil, R$ 10 milhões pelo Brasileiro e R$ 12 milhões caso vença a Libertadores. 


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance