Bruno Henrique elogia postura do Palmeiras em meio ao coronavírus
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Bruno Henrique elogia postura do Palmeiras em meio ao coronavírus

Dudu Bruno Henrique Willian Palmeiras
Atletas tiveram seus salários reduzidos em 25% (Foto: Agência Palmeiras/Divulgação)
LANCE! - 15/05/2020 - 21:00
São Paulo (SP)
O Palmeiras adotou uma postura que vem sendo bastante elogiada no mundo esportivo pela maneira com que vem lidando com a pandemia do novo coronavírus. Se por um lado, os treinos vêm sendo realizados pela internet, com o acompanhamento da comissão técnica, fora das quatro linhas, o alviverde optou por não despedir nenhum funcionário.

O clube anunciou, no final de abril, um acordo de ajuste salarial com a redução de 25% dos salários registrados em carteira de maio e junho, e os direitos de imagem de abril e maio parcelados até junho de 2021. Além disso, o alviverde suspendeu contratos por 30 dias, renováveis por mais 30, para evitar demissões de funcionários.

Em live realizada nesta sexta à tarde, o volante Bruno Henrique comentou que os jogadores chegaram a um acordo com a diretoria muito rápido e que nem sequer houve discussão sobre isso.



E MAIS:
- Desde quando a gente saiu de férias, a gente vem conversando bastante. O Palmeiras prezou sempre por cuidar de todo mundo, principalmente nesse momento, temos que nos preocupar com todos, todos são importantes. Sempre tivemos esse pensamento, principalmente o Galiotte. Nosso intuito é deixar todo mundo bem – iniciou.

A declaração do jogador segue a mesma linha do camisa 7 Dudu. Em entrevista à TV Bandeirantes, o meia disse que a vontade dos jogadores era de que nenhum funcionário fosse demitido, principalmente aqueles que ganham R$ 1500, R$ 2 mil. Bruno Henrique concorda.

- Todo mundo de alguma maneira está sofrendo muito, mas é difícil você ver pessoas perdendo emprego, vários funcionários que dependem do seu salário, então tem que ter um entendimento, foi uma coisa muito rápida, sem discussão nenhuma, para chegar num acordo para poder blindar todos os funcionários nesse momento, para eles estarem muito bem. Galiotte uma postura muito bacana, juntamente com todos os atletas, comissão técnica e diretoria, de passar por essa situação sem que ninguém perca seu emprego – finalizou.


Facebook Lance Twitter Lance