Após três jogos seguidos no Allianz, Verdão só volta à arena em outubro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após três jogos seguidos no Allianz, Verdão só volta à arena em outubro

Allianz Parque
Cesar Greco
LANCE! - 12/09/2018 - 09:30
São Paulo (SP)
O Palmeiras faz nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, a terceira partida consecutiva no Allianz Parque. Depois da semifinal da Copa do Brasil, o time voltará para a arena apenas no mês que vem. No caminho estão uma sequência de partidas fora de São Paulo, além de um show no Palestra Itália.

Dia 30 de setembro, quando o Verdão recebe novamente o Cruzeiro, mas pelo Brasileiro, a partida deveria ocorrer no Allianz, porém na terça foi transferida para o Pacaembu. O motivo: haverá no mesmo dia no local o show do cantor italiano Andrea Bocelli. A alteração já foi confirmada e anunciada pela CBF.

Antes, o calendário palmeirense ainda conta com quatro jogos como visitante: Bahia (domingo, pelo Brasileiro), Colo-Colo (dia 20, quinta, pela Libertadores), Sport (dia 23, domingo, pelo Brasileiro) e Cruzeiro (dia 26, quarta, pela semifinal da Copa do Brasil).

A volta à arena, portanto, deve ocorrer no dia 3 de outubro, contra o Colo-Colo, pela volta das quartas de final da Libertadores. Inclusive, os ingressos deste jogo vão começar a ser vendidos para membros do Avanti a partir desta quinta. O preço cheio varia entre R$ 120 e R$ 400.

Desde a volta da Copa do Mundo, o Allianz Parque tem sido um aliado importante do Palmeiras: foram seis vitórias e uma derrota no período. Mesmo quando perdeu o jogo, o time conseguiu confirmar a vaga nas quartas de final da Libertadores, contra o Cerro Porteño (PAR).

Na atual série, o Verdão ganhou do Atlético-PR e do Corinthians. Apesar do alto valor dos ingressos para a trinca seguida, 24 mil pessoas foram ao jogo contra o Furacão, e mais 38 mil estavam no Dérbi de domingo.

Contra o Cruzeiro, 30 mil ingressos foram vendidos antecipadamente. A partida desta quarta está marcada para as 21h45 e será a primeira da semifinal da Copa do Brasil. O gol fora de casa não é critério de desempate.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance