Saiba quanto custa para tirar um craque do Barcelona
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Saiba quanto custa para tirar um craque do Barcelona

Suárez e Messi - Sevilla x Barcelona
Barcelona tem plantel recheado de craques (Foto: Cristian Quicler / AFP)
LANCE! - 29/08/2018 - 14:03
MAIS QUE UM JOGO (MQJ)
Em agosto de 2017, o Barcelona perdeu Neymar para o Paris Saint-Germain. O clube francês pagou a multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 1 bilhão, na cotação atual) e levou o craque brasileiro. O Barça ficou surpreso – não acreditava que alguém toparia pagar tal valor. O “efeito Neymar” teve uma consequência direta: o Barcelona passou a elevar a multa de seus atletas. Os contratados nesta janela seguiram a mesma batida, sendo o valor mais modesto o do brasileiro Malcom.

O “efeito Neymar” começou na reposição ao brasileiro. Dembélé, contratado após a saída do atacante da Seleção Brasileira, chegou ao Barcelona com multa de 400 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão). O clube espanhol fixou o mesmo valor para Philippe Coutinho.

O Barcelona atacou em outra frente e também subiu a multa rescisória após renovar contrato com alguns de seus principais atletas. Messi tem o valor mais alto: 700 milhões de euros (R$ 3,3 bilhões).

As principais multas rescisórias do Barcelona:

1º – Messi

Messi Barcelona
Messi renovou contrato ano passado (Foto: LLUIS GENE / AFP)
O craque do Barcelona tem contrato até junho de 2021. A multa rescisória é a “bagatela” de 700 milhões de euros (R$ 3,3 bilhões). Messi renovou com clube em novembro do ano passado.

2º – Piqué

Piqué - Espanha
Piqué é um dos líderes do plantel (Foto: Pierre-Philippe Marcou / AFP)
O zagueiro renovou contrato em janeiro deste ano. O vínculo agora vai até junho de 2022. A multa foi estipulada em 500 milhões de euros (R$ 2,4 bilhões).

3º – Umtiti

Umtiti - Barcelona
Copa valorizou Umtiti (Foto: Divulgação)
Campeão mundial com a França, o zagueiro ampliou o vínculo com Barcelona recentemente. A multa também é de 500 milhões de euros (R$ 2,4 bilhões). O vínculo de Umtiti vai até junho de 2023.

4º – Philippe Coutinho

Philippe Coutinho (Barcelona) - O meia-atacante também foi titular na equipe do Barça e foi muito bem na partida, criando as melhores chances do time. Saiu no segundo tempo para a entrada de Messi.
Barça investiu alto em Philippe Coutinho (Foto: MIGUEL RIOPA / AFP)
Contratação mais cara da história do Barcelona, o meia brasileiro tem contrato até junho de 2023 e multa de 400 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão).

5º – Dembélé

Dembele - Celtic
Dembelé segue se valorizando (Foto: Reprodução/Twitter)
Foi a alternativa do Barcelona imediatamente após a ida de Neymar para o PSG. Dembélé assinou até junho de 2022. A multa é de 400 milhões de euros (R$ 1,9 bilhões).

6º – Arthur

Arthur
Arthur é uma aposta no Barcelona (Foto: Miguel Ruiz/FC Barcelona)
O volante brasileiro chegou com moral ao Barcelona. Ele custou 31 milhões de euros (R$ 149 milhões) – o acordo também prevê 9 milhões de euros (R$ 43 milhões) em variáveis. Com contrato até junho de 2024, Arthur também tem multa de 400 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão).

7º – Vidal

Messi e Vidal - Barcelona
Vidal foi contratado recentemente (Foto: LLUIS GENE / AFP)
O volante chileno é outro com multa de 400 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão). Vidal foi contratado por 18 milhões de euros (R$ 86 milhões) e assinou contrato até junho de 2021.

8º – Lenglet

Lenglet Barcelona
Lenglet na apresentação (Divulgação)
O Barcelona pagou a multa rescisória – de 35,9 milhões de euros (R$ 173 milhões) – para tirar o zagueiro do Sevilla. Agora, Lenglet tem multa de 300 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão). Ele tem vínculo até junho de 2023.

9º – Suárez

Suárez e Dembélé - Barcelona
Suárez é identificado com o Barcelona (Foto: AFP)
O atacante uruguaio renovou em dezembro de 2016, antes do “efeito Neymar”. A multa é de 200 milhões de euros (R$ 965 milhões). O contrato de Suárez vai até junho de 2021.

10º – Busquets

Busquets
Busquets tem contrato até 2021 (Foto: Carmelo Rubio/RFEF)
Outra renovação de 2016. A exemplo de Suárez, a multa do volante é de 200 milhões de euros (R$ 965 milhões). O vínculo de Busquets com Barcelona vai até junho de 2021.

11º – Malcom

Malcom
Barça aposta em Malcom (Foto: Miguel Ruiz/FC Barcelona)
Contratação mais cara do Barcelona nesta janela, até o momento, o atacante brasileiro tem a menor multa em relação aos reforços: 180 milhões de euros (R$ 868 milhões). O clube espanhol deu um chapéu na Roma para contratar Malcom – pagou 41 milhões de euros (R$ 197 milhões) ao Bordeaux.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance