JUBs é aberto com medalhista olímpico, festa e pagode em Maringá
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

JUBs é aberto com medalhista olímpico, festa e pagode em Maringá

Cerimônia de abertura
Cerimônia de abertura do JUBs agitou os atletas universitários em Maringá (Foto: Kaizen Filmes)
LANCE! - 06/11/2018 - 16:47
Maringá (PR)
“Mais rápido, mais alto, mais forte”. Foi citando o Lema Olímpico criado por Barão Pierre de Coubertin na criação dos Jogos Olímpicos da era moderna, que o prefeito de Maringá Ulisses Maia declarou aberta a 66ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros – JUBs 2018, na noite de segunda-feira. A cerimônia de abertura foi realizada no Ginásio Chico Neto, na Vila Olímpica da cidade.

Sob olhares de mais de 3,5 mil atletas e espectadores, a cerimônia contou com apresentação de cheerleading, bateria universitária e do grupo de pagode Sempre Tem, além do tradicional desfile das delegações. Com direito a pira olímpica, o ex-nadador e vencedor de quatro medalhas olímpicas, Gustavo Borges conduziu a tocha pelo ginásio.

- A alegria é grande, e participar de um evento que junta educação e esporte é uma honra para mim - comentou o ex-nadador, que também é padrinho da Fase Final do JUBs.



A atleta Isabela Maria Araudi foi quem recebeu das mãos de Gustavo a tocha que acendeu a Pira Olímpica.

- Foi uma experiência incrível poder representar meu estado nessa edição, ainda mais recebendo a tocha das mãos de um grande atleta - disse a estudante que participa pela terceira vez dos Jogos Universitários. Ela joga Handebol há mais de 17 anos, e nesse que pode ser seu último JUBs, Isabela reconhece que fechou com chave de ouro.

Quem também aproveitou a Cerimônia foi a estudante de Educação Física Elora Maciel, da delegação do Goiás. Ela que recebeu a última edição do JUBs em casa, diz que a abertura já dá um gás na competição

- Deu pra matar a saudade do JUBs em Goiânia, e claro, renovar os ânimos após doze horas de viagem, que com certeza valem a pena.

No esporte, Elora também é técnica da categoria de base da Força Atlética Estácio de Sá, e já incentiva as alunas a participarem dos Jogos Universitários:

- As atletas ainda são novas, em média 15 anos, mas já incentivo elas participarem quando estiverem na Universidade porque sei que vale a pena - falou a atleta, que participa de seu segundo JUBs.

O Presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, disse que a expectativa é que a 66ª edição do JUBs se consolide como uma das melhores já realizadas.

- Maringá tem uma excelente infraestrutura esportiva e acolheu muito bem o evento, um exemplo disso é a população envolvida aqui na cerimônia.

Ele ainda comentou o alto nível que o novo formato dos Jogos Universitários Brasileiros, adotado esse ano, permite.

- Os atletas que aqui chegam são os melhores em termos de resultados esportivos, por já terem passado por fases anteriores, e agora, o cenário se desenha como perfeito para que a gente realize uma das melhores edições do JUBs - concluiu o presidente.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance