Hugo Paiva conquista cinturão e realiza feito histórico no Thunder Fight; confira os resultados

LUTAS

Hugo Paiva conquista cinturão e realiza feito histórico no Thunder Fight; confira os resultados

(Foto: Divulgação)
Campeão no amador, Hugo Paiva também conquistou o cinturão profissional do Thunder Fight (Foto: Divulgação)
LANCE! - 13/10/2021 - 17:45
São Paulo (SP)
O Thunder Fight realizou, no último domingo (10), sua edição de número 31, com um card recheado de emoções. Na luta principal, Hugo Paiva e Marceu Pasin disputaram o cinturão dos pesos moscas (até 57kg) da organização. E quem levou a melhor foi Hugo, que aplicou um belo nocaute ainda no primeiro round. O atleta, que em 2018 foi campeão amador na organização, agora também conquista o cinturão no profissional. O card profissional contou ainda com mais oito combates, com destaques para o nocaute do boliviano Renzo Martinez sobre Guilherme Salgado e a vitória de Queila Braga sobre Débora Ferreira.

A luta principal do Thunder Fight 31 veio recheada de expectativas e os atletas cumpriram o esperado. Marceu Pasin começou tentando abafar a trocação de Hugo Paiva, levando a luta para a grade e tentando derrubar. Marceu chegou a conseguir derrubar, mas Hugo rapidamente conseguiu levantar. Ainda no primeiro round, Hugo Paiva conseguiu soltar sua trocação e impor um ritmo forte para cima de Marceu. Depois de um golpe na linha de cintura fortíssimo de Hugo Paiva, Marceu Pasin “dobrou” e Hugo não perdeu a oportunidade, garantindo a vitória com um ground and pound até a interrupção do árbitro central.

“O primeiro evento de MMA que assisti foi o Thunder Fight 2, que meu mestre lutou. Naquele dia, eu sonhei em lutar no Thunder Fight. Depois de todos esses anos, eu consegui ser campeão amador do evento e agora sou o campeão do profissional”, declarou, emocionado, o novo campeão. Com a vitória, Hugo conquista sua quinta vitória em cinco lutas e segue sem saber o que é derrota. Das cinco vitórias conquistadas na carreira, quatro foram dentro do cage do Thunder Fight, sendo três por nocaute.

No co main event, Queila Braga, representando o Boxe, e Débora Ferreira o Muay Thai, protagonizaram uma verdadeira guerra com muita trocação. No final, prevaleceu o Boxe, com a lutadora Queila conseguindo conectar mais golpes nos três rounds, vencendo por decisão unânime dos juízes.

Renzo Martínez estreia no Thunder com nocaute da noite

Especialista no Kickboxing, Renzo Martínez fez sua primeira luta de MMA no Thunder Fight enfrentando Guilherme Salgado. Direto da Bolívia, o atleta tinha a expectativa de mostrar no MMA a mesma qualidade de trocação que mostrou em suas lutas de Kickboxing, e não decepcionou. Logo no primeiro round, após imprimir um bom ritmo de trocação, Renzo soltou um belíssimo chute alto, que apagou Guilherme Salgado imediatamente. Um nocaute espetacular, que cravou o atleta como um dos destaques desta edição do evento.

Copa Thunder de MMA 14

Ótimos duelos movimentaram a 14ª edição da Copa Thunder, com João Pedro Menezes (Round By Round) e Renan Guilherme (Powerlotus) fazendo a melhor luta do evento, com vitória de João Pedro por decisão dividida dos juízes. Outro destaque foi Victor Oliveira (Chute Boxe Diego Lima), que venceu seu combate por finalização e colou na liderança do ranking até 66kg.

RESULTADOS COMPLETOS:

Thunder Fight 31
São Paulo (SP)
Domingo, 10 de outubro de 2021

Card profissional
Hugo Paiva derrotou Marceu Pasin por nocaute no 1R
Queila Braga derrotou Débora Ferreira por decisão unânime dos jurados
Renzo Martinez derrotou Guilherme Salgado por nocaute no 1R
Marcos Tailandês derrotou Watson Silva por nocaute no 1R
Matheus Araújo finalizou Fernando Barone com um katagatame no 1R
Micael Guilherme Jesus derrotou Lucas Tato Padilha por decisão unânime dos jurados
Diego Boyka derrotou Eduardo Sniper por nocaute no 1R
Lucas Escobar derrotou Glaucio Filho por nocaute no 1R
Fernando Almeida finalizou João Victor com um mata-leão no 1R

Card amador
Frederico Werner derrotou Rafael Nascimento por finalização no 1R
Evandro Leonardo derrotou Kawan Fernandes por W.O
Micael de Sousa finalizou Pablo Soares com um triângulo de mão no 3R
Mateus Castro derrotou Eduardo Pereira por W.O
Gabriel Silva Ramos derrotou Fábio André por desistência no 2R
Douglas Bastos finalizou Isley Silva com uma americana no 2R
Vitor Oliveira finalizou Emerson Mateus com um armlock
João Pedro Menezes derrotou Renan Guilherme por decisão dividida dos jurados
Daniel Santos derrotou Bruno de Oliveira por desistência no 1R
Manoel Vitor derrotou Alberto Ferreira por nocaute no 1R
Gabriel Junior finalizou Mateus Mizote com uma guilhotina no 1R
Vinicius Eduardo finalizou Diego Gabriel com um triângulo no 2R
Endri Alexandre derrotou Daniel Oliveira por interrupção médica no 1R
Lucas Mateus derrotou Willian Mendes por decisão majoritária dos jurados
Weslei Oliveira derrotou Carlos Henrique por desclassificação
Anderson Oliveira finalizou Jhonatan Marinas com um triângulo no 1R

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance