Em duelo com reviravoltas, Glover finaliza Marreta no UFC Vegas 13
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

LUTAS

Em duelo com reviravoltas, Glover finaliza Marreta no UFC Vegas 13

Glover conquistou a importante vitória na luta principal do UFC Vegas 13 (Foto: Reprodução/Twitter/UFC)
Glover conquistou a importante vitória na luta principal do UFC Vegas 13 (Foto: Reprodução/Twitter/UFC)
TATAME -
Las Vegas (EUA)
O octógono do UFC Apex, em Las Vegas (EUA), esteve pintado de verde e amarelo para o confronto entre brasileiros na noite deste sábado (7). Após sofrer ataques de Thiago Marreta no começo do primeiro e do terceiro round, Glover Teixeira mostrou resistência e técnica para se recuperar e finalizar o compatriota, no terceiro assalto, com um mata-leão. O combate foi a luta principal do UFC Vegas 13. Já no co-main event, o experiente Andrei Arlovski, aos 41 anos, superou Tanner Boser.

O Brasil ainda teve mais três representantes na edição. Estreando em um card principal, Raoni Barcelos dominou Khalid Taha e ficou com a vitória por decisão unânime. Já Claudinha Gadelha e Marcos Pezão foram derrotados por Yan Xiaonan e Alexandr Romanov, respectivamente.

Glover finaliza Marreta em luta agitada

Nos instantes iniciais, Thiago Marreta fez uma blitz e conectou uma série de golpes em Glover Teixeira, que usou a experiência para grudar no adversário e se defender. Em seguida, o mineiro derrubou, foi para a montada e trabalhou o ground and pound. Já no segundo round, Glover anulou o jogo do oponente com a queda no início do assalto. Desta maneira, ficou cerca de cinco minutos por cima aplicando socos e cotoveladas. O natural de Sobrália (MG) chegou perto de finalizar, mas não teve tempo suficiente.

Já no terceiro assalto, Glover voltou a grudar para fazer o jogo de grappling, mas Marreta acertou um forte cruzado de esquerda, que levou o adversário ao knockdown. O carioca foi para cima, aplicou mais golpes no ground and pound, porém o mineiro, com muita garra, resistiu. Em seguida, colou no compatriota e voltou a exercer a luta agarrada. Ao pegar as costas, Teixeira não desperdiçou e finalizou com um mata-leão.

Essa é a quinta vitória seguida de Glover que, aos 41 anos, entra como forte candidato ao título dos meio-pesados. No entanto, Dana White, presidente do UFC, revelou na última semana que Israel Adesanya, campeão dos médio, teria o direito de lutar contra Jan Blachowicz, atual dono do cinturão até 93kg.

Arlovski vence e Chikadze nocauteia

Em sua 49ª luta na carreira, Andrei Arlovski, ex-campeão dos pesados do UFC, impôs o seu jogo para bater Tanner Boser por decisão unânime, no co-main event. Esse é segundo triunfo seguido do bielo-russo, enquanto o canadense perde a série de duas vitórias. Giga Chikadze acertou um high kick em Jamey Simmons e conferiu mais alguns golpes para vencer por nocaute técnico ainda no primeiro round. O peso-pena segue invicto no UFC e alcançou a quinta vitória. Já o americano estreia com derrota na organização.

Raoni domina e vence com autoridade

Logo no começo do confronto, Raoni Barcelos encontrou a melhor distância e trabalhou bons golpes, como os low kicks. Ao se aproximar do adversário, o pupilo de Pedro Rizzo encurralou Khalid Taha na grade e colocou diversos golpes. Quando levou o combate para o chão, o brasileiro também teve domínio e quase encaixou uma chave de braço. O alemão circulava, tentava colocar golpes e sair do raio de ação. No segundo assalto, a luta se desenvolveu mais no centro do octógono e o carioca seguiu com amplo domínio.

Raoni permaneceu agressivo para o terceiro e último assalto, aplicando uma blitz em Taha, que mostrava muita garra e resistiu as investidas. Já na parte final do round, os dois estavam visivelmente cansados e ficaram trocando golpes francos. Ao fim dos 15 minutos, o peso-galo brasileiro levou a melhor por decisão unânime e permanece invicto na companhia. Já o alemão volta a ser derrotado dentro do Ultimate.

Xiaonan supera Gadelha e cresce no UFC

Claudinha Gadelha foi para o infight com Yan Xiaonan, encurtou, derrubou e ficou trabalhando no clinch para incomodar a oponente com algumas joelhadas. O árbitro colocou as duas atletas de volta no centro do octógono, e a brasileira voltou a derrubar, desta vez, no single leg. Já para o segundo assalto, a chinesa mostrou mais consistência para defender as investidas da potiguar e manteve o combate em pé.

No último round, Claudinha voltou a pressionar Xiaonan na grade e as duas atletas ficaram travando um duelo de força. A chinesa, quando conseguia controlar a distância, conectava jabs e direto, aproveitando a maior envergadura. No fim, por decisão unânime, a asiática levou a melhor e engatou a sexta vitória seguida no peso-palha. Já Gadelha perde a série de duas vitórias consecutiva e fica mais distante do title shot.

Pezão começa bem, mas é finalizado

Marcos Pezão teve um bom início de combate ao aplicar low kics. No entanto, Alexandr Romanov, exímio wrestler, conquistou importantes quedas ao longo do assalto e foi progredindo o seu jogo. No minuto final do primeiro round, derrubou, passou a guarda e estrangulou brasileiro, com uma posição nada convencional. O moldavo chegou a segunda vitória seguida no peso-pesado e, ainda no cage, desafiou Marcin Tybura. Já o paulista fica com 50% de aproveitamento nas últimas quatro aparições.

Finalizações marcam card preliminar

No fechamento do card preliminar, Trevin Giles aumentou o ritmo no último round e venceu Bevon Lewis por nocaute técnico. O peso-médio engata a segunda vitória seguida, enquanto “The Extraordinary Gentleman” perdeu três das últimas quatro lutas pela franquia e começa a ficar ameaçado. Eduardo Garagorri começou melhor o confronto, mas viu Darren Elkins ganhar espaço na luta e, já no terceiro assalto, pegou as costas para finalizar com um mata-leão. O americano respira na organização e sente o gosto da vitória após quatro derrotas consecutivas. Já o uruguaio perde pela segunda vez seguida.

Um fato impressionante marcou o duelo no card preliminar. O meio-médio Ramiz Brahimaj recebeu golpes na cabeça e a orelha ficou pendurada no terceiro round. O árbitro Mark Smith interrompeu o combate e deu vitória, por nocaute técnico (interrupção médica), para Max Griffin, que volta a vencer após duas derrotas. Na abertura do evento, Gustavo Lopez aplicou um blitz e finalizou Anthony Birchak com um mata-leão no primeiro round. Essa é a primeira vitória do peso-galo no UFC, enquanto “El Toro” estreia com revés.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC on ESPN 17
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 7 de novembro de 2020

Card principal
Glover Teixeira finalizou Thiago Marreta com um mata-leão no 3R
Andrei Arlovski derrotou Tanner Boser por decisão unânime dos jurados
Raoni Barcelos derrotou Khalid Taha por decisão unânime dos jurados
Giga Chikadze derrotou Jamey Simmons por nocaute técnico no 1R
Yan Xiaonan derrotou Cláudia Gadelha por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Trevin Giles derrotou Bevon Lewis por nocaute técnico no 3R
Alexandr Romanov finalizou Marcos Pezão com um estrangulamento no 1R
Darren Elkins finalizou Luiz Eduardo Garagorri com um mata-leão no 3R
Max Griffin derrotou Ramiz Brahimaj por nocaute técnico (interrupção médica) no 3R
Gustavo Lopez finalizou Anthony Birchak com um mata-leão no 1R

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance