Fábio prestes a se isolar no top 3 entre os brasileiros na Libertadores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Fábio prestes a se isolar no top 3 entre os brasileiros na Libertadores

Fábio - Cruzeiro
Fábio é um dos ícones do Cruzeiro (Foto: Cristiane Mattos/Light Press/Cruzeiro)
LANCE! - 06/09/2018 - 08:55
Belo Horizonte
O goleiro Fábio, do Cruzeiro, deverá assumir a terceira colocação isolada no ranking dos brasileiros com mais partidas na história da Libertadores, no próximo dia 19, quando o time de Mano Menezes enfrentará o Boca Juniors, da Argentina, na Bombonera, pelo confronto de ida das quartas de final da competição.

Após garantir a classificação ao eliminar o Flamengo, no último dia 29, no Mineirão, Fábio chegou aos 73 jogos no torneio sul-americano. São 71 com a camisa do Cruzeiro - nas edições de 2008, 2009, 2010, 2011, 2014, 2015 e 2018 - e dois na temporada de 2001, quando defendia o Vasco.

A estreia dele aconteceu no dia 21 de abril de 2001, na vitória vascaína sobre o Deportivo Táchira, da Venezuela, em São Januário, por 3 a 2.

Atualmente, ele está empatado com o goleiro Manga, que também tem 73 duelos na competição.

Fábio está atrás apenas do ex-goleiro Rogério Ceni, com 90 jogos na passagem pelo São Paulo, e de Danilo, ainda em atividade no Corinthians (82), na seleta lista da Libertadores. 

Caso o Cruzeiro chegue à final da Libertadores e o goleiro esteja presente em todos os jogos, ele terminará 2018 com 79 aparições na competição.

Fábio começou a Libertadores-2018 na sétima colocação da lista, com 64 partidas. Na atual campanha, ele só não atuou no confronto de estreia, contra o Racing, em Buenos Aires, na Argentina, por causa do falecimento do pai, na véspera.

Aos 37 anos, o goleiro busca o inédito título da Libertadores na carreira. O Cruzeiro foi campeão nas edições de 1976 e 1997. O jogo de volta das quartas de final será no dia 4 de outubro, no Mineirão.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance