Pensando em Guerrero e por alto salário, Inter não deve fazer investida por Pato
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Pensando em Guerrero e por alto salário, Inter não deve fazer investida por Pato

Alexandre Pato - Vaivém
Divulgação
Futebol Latino - 21/03/2019 - 16:12
Porto Alegre (RS)
Cria das categorias de base do Internacional e sempre muito carinhoso quando fala do clube, assim que o atacante Alexandre Pato confirmou sua rescisão contratual junto ao Tianjin Quanjian-CHN, o torcedor do Colorado passou a alimentar esperanças de que o avante pudesse retornar a equipe que o revelou.

Contudo, assim como o clube de Porto Alegre já demonstrava que iria proceder, a postura do Inter em sequer cogitar nesse momento a contratação se mantém. E dois fatores acabam pesando de maneira fundamental para esse cenário: O custo de manutenção do jogador brasileiro além do peruano Paolo Guerrero.

Ganhando quase R$ 2,5 milhões mensais no futebol asiático, Pato entende que seria necessário derrubar o seu patamar salarial para voltar a jogar no Brasil, Todavia, os números desejados pelo atacante de 29 anos de idade seguem altos para o padrão nacional, na casa dos R$ 800 mil.




E MAIS:
Algo que o Colorado não entende como viável nesse momento já que um dos únicos a ter esse tipo de remuneração é justamente o outro motivador do time do Beira-Rio não querer entrar em um "leilão" por Alexandre Pato que é Guerrero.

À partir do dia 5 de abril, o jogador que gera bastante expectativa no clube estará livre de sua punição por doping e ficará apto para exercer o protagonismo esperado no plantel de Odair Hellmann. Logo, pelo tempo e dinheiro investidos na aquisição de Paolo, o clube não deseja "extrapolar" o orçamento indo atrás de Pato.

Em declaração durante entrevista, o vice-presidente de futebol, Roberto Melo, ratificou essa linha de raciocínio:

- A gente não tem nenhuma conversa com nenhum jogador, estamos focados e concentrados aqui, nos jogos, na Libertadores, na fase eliminatória do Gauchão. Não se pode inscrever jogadores, nem no Gaúcho, nem na Libertadores. Ele (Pato) é um grande jogador, saiu daqui, todos conhecemos ele muito bem, é um grande atleta. Mas também sabemos que tem um custo altíssimo, fora hoje da nossa realidade, então não vejo como possível essa situação.

Facebook Lance Twitter Lance