Odair Hellmann faz avaliação sobre sistema com dois volantes
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Odair Hellmann faz avaliação sobre sistema com dois volantes

Coletiva - Odair Hellmann
Ricardo Duarte/Internacional
LANCE! - 08/02/2019 - 14:27
Nessa sexta-feira (8), logo depois de uma das últimas atividades do Internacional antes do embate frente ao Juventude pelo Campeonato Gaúcho, o técnico Odair Hellmann concedeu entrevista coletiva no CT Parque Gigante falando sobre diversos assuntos.

Contudo, logo no início da entrevista, ele fez questão de fazer sua menção ao incêndio ocorrido no CT do Flamengo nas primeiras horas dessa sexta que vitimou 10 pessoas e feriu outras três:

- Antes de começar a conversa eu gostaria de me solidarizar com o Flamengo e, principalmente, com os familiares dos meninos que estavam nessa tragédia, se é assim que se pode dizer. Toda a força aos familiares e que, mesmo com essas perdas, possam continuar em frente. Eu fui um menino desses que morou embaixo de arquibancada e tinha um sonho de me tornar jogador profissional. Passei fome, passei dificuldade. Claro que hoje a estrutura é bem melhor em questão de alimentação e tudo mais, mas tive o mesmo sonho desses meninos.



E MAIS:
Dentre outros temas tratados, o treinador Colorado foi questionado acerca da mudança de postura tática mostrada contra o Brasil de Pelotas no triunfo da última segunda (4) em relação a outros compromissos já que, dessa vez, a equipe optou pelo 4-2-3-1.

- É um modelo de jogo que já usamos no ano passado, não chega a ser a primeira vez que usamos ele, e que deu certo na maioria delas. Pelas características de jogo do Gauchão, principalmente dentro de casa onde você tem que propôr mais e criar mais situações, esse é um sistema onde você consegue ser mais ofensivo. Mas a gente sempre busca o equilíbrio nas fases do jogo, não adianta você ser ofensivo, não ter um equilíbrio e acabar tomando muitos contra-ataques. Então, estivemos nessa busca no ano passado e estamos agora.

Com o Departamento Médico sendo esvaziado com os retornos de Emerson Santos, Zeca e Willian Pottker, Odair também respondeu acerca de como deve ser feito o trabalho de reinserção desses nomes ao mesmo ritmo dos demais integrantes do plantel do Inter:

- Pottker e Zeca são opções, Emerson ainda não, saiu hoje do departamento médico. Zeca já está trabalhando há oito, nove dias com os demais integrantes do grupo e o Pottker não foi pro último jogo pelo fato de ter quebrado o nariz. Mas Pottker e Zeca são opções.

Facebook Lance Twitter Lance