Começa a peleia! Inter viaja ao Chile pelo primeiro desafio na Pré-Libertadores contra La U
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Começa a peleia! Inter viaja ao Chile pelo primeiro desafio na Pré-Libertadores contra La U

Estádio - Nacional de Santiago
(Foto: Conmebol/Divulgação)
Futebol Latino - 03/02/2020 - 08:32
Santiago (CHI)
O primeiro jogo do Internacional pela Libertadores 2020 está marcado para a próxima terça-feira (3) em Santiago diante da Universidad de Chile. E, ao contrário daqueles que já estão na fase de grupos, o duelo válido pela primeira perna na segunda chave da chamada "Pré-Libertadores" não abre muitos espaços para erros.


Como o país ainda vive em meio a ondas de protesto por vezes bastante violentos, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decidiu que seria melhor para a manutenção da segurança realizar a partida às 18h (horário de Brasília).

Apesar das dificuldades em estar no início dos trabalhos e ainda se adaptando a filosofia imposta pelo técnico argentino Eduardo Coudet, o Inter precisa buscar, ao menos, a marcação de gols em solo adversário.

Isso porque, em torneios da Conmebol, o gol fora de casa segue sendo critério de desempate que pode fazer toda a diferença em uma eliminatória onde se espera um equilíbrio de forças mesmo com o ano conturbado que viveu La U em 2019.

Mesmo com o Campeonato Chileno sequer chegando ao fim da disputa dentro de campo pelos problemas sociais que viveu o país já citados, tendo a Universidad Católica sido declarada campeã por sua campanha até então, a campanha do Azul Azul foi terrível: 24 pontos ganhos e a 14ª posição sendo que a primeira divisão local é disputada por 16 equipes.

A vaga na instância eliminatória do torneio continental veio através de uma polêmica decisão da Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) em meio a disputa da semifinal da Copa Chile.

Isso porque, como Colo-Colo e Católica já estavam com vaga assegurada e faziam uma das semifinais, o órgão máximo do futebol chileno em âmbito nacional informou que quem avançasse entre Universidad de Chile e Unión Española seria o último qualificado já que a competição daria uma vaga na Pré
-Libertadores ao campeão.

Revoltados, os dirigentes do Unión se negaram a permitir que seus atletas entrassem em campo alegando que a vaga deveria ficar automaticamente com ele pela campanha na liga nacional, algo que gerou um W.O. na semifinal e a promessa de busca pelos direitos no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance