Com reajuste salarial, Everton e Alisson prolongam contrato por quatro anos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com reajuste salarial, Everton e Alisson prolongam contrato por quatro anos

Renovação de Everton e Alisson até 2023
Foto: Divulgação/Grêmio
Futebol Latino - 04/10/2019 - 13:51
Porto Alegre (RS)
Peças de suma importância tanto na questão da velocidade como da condição técnica para fazer funcionar o estilo de jogo do Grêmio, Alisson e Everton renovaram oficialmente seus contratos com o Tricolor nessa sexta-feira (4). Agora, ambos tem vínculos que duram até 2023. Não há posicionamento oficial se a multa rescisória anterior de 80 milhões de euros (quase R$ 357 milhões) também foi reajustada. 

Em palavras ditas ao site oficial do clube, Cebolinha ressaltou o tempo que está no clube e o sentimento de felicidade em dar continuidade a sua história no Imortal:

- É motivo de muito orgulho, felicidade imensa, é algo inexplicável. Me identifico muito (com o Grêmio), faz sete anos que estou aqui. A renovação é motivo de muita felicidade, fruto de um trabalho que vem sendo plantado desde muito novo.



Até aqui foram 243 partidas como profissional com 63 gols marcados, cinco taças (Libertadores, Recopa, Copa do Brasil e dois Gauchões) além de, mediante suas apresentações no clube, solidificar espaço constante dentre os convocados a Seleção Brasileira.

E MAIS:
Já por parte de Alisson, com formação bastante calcada nas categorias de base do Cruzeiro e que veio para o Grêmio na negociação que envolveu a ida do lateral-direito Edilson ao clube mineiro, a ideia é conseguir manter a sequência de resultados importantes para seguir cravando seu nome na história gremista:

- Feliz por ter aumentado o vínculo, que a gente possa continuar assim, fazendo grandes jogos, colocando o Grêmio no topo, conquistando títulos, chegando muito forte nas competições. Isso faz a gente ficar marcado.

Vestindo a camisa tricolor, ele já tem 85 partidas e 14 gols marcados com as conquistas de dois Gauchões além da Recopa em 2018. 

Em função do nível físico que o embate diante do Flamengo no meio de semana exigiu, é pouco provável que ambos voltem a estar em campo frente ao Corinthians na Arena nesse sábado às 19h (horário de Brasília) pela Série A.

placeholder
Facebook Lance Twitter Lance