Ceni na Raposa. Veja 10 momentos importantes do técnico do Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ceni na Raposa. Veja 10 momentos importantes do técnico do Cruzeiro

Rogério não perdeu tempo e já iniciou os trabalhos de campo com o grupo de jogadores da Raposa
Rogério não perdeu tempo e já iniciou os trabalhos de campo com o grupo de jogadores da Raposa-(Alisson Guimarães/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 13/08/2019 - 19:44
Belo Horizonte
O Cruzeiro apresentou o multicampeão Rogério Ceni, ex-goleiro do São Paulo, como seu novo treinador na tarde desta terça-feira, 13 de agosto. Técnico desde 2017, Ceni teve um início confuso no Tricolor do Morumbi, o que quase abalou sua relaçao de ídolo com a torcida, que o idolatra. 

Porém, Rogério redirecionou a sua carreira, aceitou o desafio de treinar o Fortaleza, culminando em um trabalho vencedor, despertando o interesse de outros grandes do futebol brasileiro. O LANCE!  separou 10 momentos mais marcantes da jovem, mas muito promissora carreira fora dos campos de Ceni. 

Desafio 01: treinar o time de coração onde é idolatrado

primeiro treino do tecnico Rogerio Ceni no São Paulo
(Érico Leonan / saopaulofc)
Rogério começou sua vida de treinador no clube que o consagrou no futebol. Mas a expectativa em torno do trabalho de Rogério Ceni no Tricolor foi tão grande, que gerou decepção para o torcedor, além de uma relação desgastante com a diretoria são-paulina. Foram 37 jogos, com 14 vitórias, 13 empates e 10 derrotas.


Decepção e saída do São Paulo

rr
(LANCE!TV)
Apesar de ser ídolo, jogador com o maior número de gols como goleiro no mundo e o que mais vestiu a camisa são-paulina, Ceni foi “fritado” pela diretoria do clube que o usou claramente para esconder suas falhas administrativas. O resultado da intensa, mas conturbada, relação com o presidente Leco e seus diretores, geraram a demissão do treinador em sua primeira vivência em um gigante do futebol brasileiro. Ceni não conseguiu concluir nem um ano como técnico do time paulista, sendo demitido em junho de 2017.



O recomeçou no Fortaleza

Rogério Ceni apresentado no Fortaleza
(Reprodução)
Em novembro de 2017, Ceni recebe a segunda chance como técnico de futebol. O Fortaleza, clube de grande torcida no nordeste, procura o ex-goleiro e oferece o desafio de levar o Leão da Pici de volta à primeira divisão do Brasileiro e ainda de recuperar a autoestima da equipe, ante ao sucesso do rival Ceará. Iniciou-se a “Era Ceni” no Fortaleza.


Campanha sólida, mas faltou o título estadual de 2018

Ceará - Campeão Cearense 2018
(LC Moreira)
Na sua primeira disputa como técnico do Fortaleza, Rogério monta uma equipe competitiva, faz a melhor campanha da primeira fase da competição, mas acaba perdendo a final para o Ceará em dois jogos. Porém, nada que abalasse a confiança em seu trabalho. A semente campeã estava sendo implantada.

Orgulho devolvido ao torcedor Tricolor. Fortaleza campeão da Série B- 2018

F
(Pedro Chaves/FCF)
Apesar da derrota no estadual para o Ceará, quem terminou melhor o ano foi o Fortaleza de Rogério Ceni, que devolveu o Tricolor à primeira divisão do futebol brasileiro após 14 anos de ausência. A campanha não foi só com o acesso, mas teve o sabor de uma conquista nacional, inédita na história do clube. Primeira glória profissional de Ceni como treinador.

Trabalho vistoso, Ceni volta ao radar dos grandes, mas prefere ficar nol Fortaleza

Fortaleza x São Paulo - Rogério Ceni
(Foto: LC Moreira/ Lancepress!)
A boa campanha da Série B, com a conquista do título da competição nacional e o início firme no estadual e na Copa do Nordeste colocaram Ceni de volta no radar dos grandes clubes do Brasil. Assim,que demitiu Levir Culpi, em abril de 2019, Rogério era o nome favorito para assumir o Galo. Porém, como explicou em sua coletiva de apresentação no Cruzeiro, o momento era ficar no Fortaleza e ser campeão cearense e da Copa do Nordeste, por isso a recusa ao clube mineiro.


O lado tricolor comemora. Fortaleza campeão cearense de 2019

r
(Federeação Cearense de Futebol/Divulgação)
A boa campanha da Série B, com a conquista do título da competição nacional e o início firme no estadual e na Copa do Nordeste colocaram Ceni de volta no radar dos grandes clubes do Brasil. Assim,que demitiu Levir Culpi, em abril de 2019, Rogério era o nome favorito para assumir o Galo. Porém, como explicou em sua coletiva de apresentação no Cruzeiro, o momento era ficar no Fortaleza e ser campeão cearense e da Copa do Nordeste, por isso a recusa ao clube mineiro.


O Nordeste se rende a Ceni

Fortaleza conquistou o Nordestão em 2019
(Foto: Gustavo Simão/FortalezaEC)
Vencer o maior rival no estadual não foi suficiente para Rogério Ceni e o Fortaleza. A equipe comandada pelo ex-goleiro venceu o seu terceiro título consecutivo desde chegada do treinador ao Leão da Pici. Derrotou o Botafogo-PB, em duas partidas. O Nordeste se rendeu ao talento do treinador, que mudou o Fortaleza de patamar.


Ídolo dos Tricolores

Mosaico do Fortaleza: 3D de Rogério Ceni - Fortaleza x São Paulo (12/05/2019)
Reprodução
No duelo entre Fortaleza e São Paulo, em maio, pelo Brasileiro, os torcedores da equipe cearense homenagearam Ceni com um mosaico 3D, mostrando que o ex-goleiro agora tem outra torcida tricolor o idolatrando.


Noca chance em um gigante

Rogério Ceni fica no Cruzeiro até o fim de 2020
(Angel Drummond/Cruzeiro)
Após a demissão de Mano Menezes do Cruzeiro, o time mineiro não pensou duas vezes e foi à caça de um novo comandante. Rapidamente negociou com Rogério Ceni, que estava de volta a um gigante do futebol brasileiro. Agora, a chance de estar em um clube de ponta é buscar algumas conquistas que ainda não vieram, como a Copa do Brasil. Além de tirar a Raposa da zona do rebaixamento no Brasileiro.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance