Léo não quer ser Pelé. Veja outros jogadores que mudaram de nome
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



07/12/2018 | 12:07

Léo não quer ser Pelé. Veja outros jogadores que mudaram de nome

  •  Montagem - Gabriel Jesus, Lucas Moura, Dentinho e Ganso
    Gabriel Jesus, Lucas Moura, Dentinho e Ganso foram alguns jogadores que mudaram de nome no início da carreira. Confira outros atletas que também alteraram os nomes no futebol (Foto: Reprodução/AFP)
  •  Leo Pelé - São Paulo
    Apresentado como novo reforço do São Paulo, o lateral Léo, que carrega o apelido de Pelé, disse que prefere ser chamado apenas de Léo e não carregar mais a alcunha do Rei do futebol Érico Leonan/saopaulofc.net
  •  Manchester City x Newcastle - Gabriel Jesus
    Ainda na base do Palmeiras, o atacante Gabriel Jesus, hoje no Manchester City, era chamado também de Borel, por sua semelhança com o cantor Nego do Borel. No time profissional do Verdão, se firmou como Gabriel Jesus (Foto: AFP/LINDSEY PARNABY)
  •  Dentinho celebra vitória do Shakhtar
    Revelado na base do Corinthians, o atacante Bruno Bonfim já era conhecido como Dentinho pelos companheiros de time. Quando foi promovido para o profissional do Timão, ele começou a estampar o nome de batismo nas costas, mas parecia que as coisas dentro de campo não andavam. Foi aí que ele resolveu adotar o apelido Dentinho e começou a se destacar (Divulgação)
  •  No ano de 1993 um jogo entrou para a história em La Paz: no dia 25 de julho de 1993 a Bolívia venceu por 2 a 0 em dia de atuação desastrosa de Taffarel. Foi a primeira derrota dos canarinhos na história das Eliminatórias
    O goleiro Cláudio chegou na base do Internacional usando seu primeiro nome, mas com o passar do tempo adotou apenas seu sobrenome, Taffarel, para brilhar pela Seleção Brasileira STAFF / AFP
  •  Alex Muralha
    Ainda jovem, o ex-goleiro do Flamengo era chamado de Alex Santana. Porém, um antigo preparador físico lhe deu o apelido de Alex Muralha, que o arqueiro carrega até hoje Foto: Albirex Niigata/Divulgação
  •  Diego Tardelli
    Ainda na infância, Tardelli era fã do ex-atacante do Corinthians Dinei e até pintou seus cabelos de loiro, fazendo com que ganhasse o apelido de Dinei. Na base do São Paulo, ainda carregava o apelido, mas quando subiu para o profissional, se firmou mesmo como Diego Tardelli AFP
  •  Casemiro - Real Madrid
    Ainda na base do São Paulo, o volante Casemiro era chamado pelo apelido de Carlão. Com o passar do tempo, Carlos Henrique Casemiro passou a adotar apenas seu sobrenome, com o qual se consagrou na Seleção Brasileira e Real Madrid Divulgação
  •  Lucas Moura - Tottenham
    Ainda na base do São Paulo, Lucas Moura era conhecido como Marcelinho, por ter jogado na escolinha de futebol do craque corintiano Marcelinho Carioca, além de certa semelhança. Porém, o hoje jogador do Tottenham pediu para que começassem a chama-lo por seu verdadeiro nome, Lucas (Foto: Divulgação)
  •  Ganso
    No começo de sua carreira profissional no Santos, o meia estreou com seu nome completo, Paulo Henrique Lima. Mas não demorou muito para o jogador adotar definitivamente seu apelido de infância e ficar conhecido nacionalmente como Ganso (Foto: Divulgação)
  •  O lateral Ceará ganhou projeção ao defender o Inter na conquista do Mundial de Clubes em 2006, neutralizando Ronaldinho Gaúcho. Assim, chamou a atenção do PSG onde ficou por quatro anos, entre 2007 e 2011
    O lateral chegou na base do Santos usando seu nome de batismo, Marcos Venâncio. Porém, quando se transferiu para o Gama, em 1999, passou a adotar o nome do Estado brasileiro em que nasceu, Ceará (Foto: THOMAS BREGARDIS / AFP)
SEUCLUBE
america-mineiro
atlético mineiro
atletico-paranaense
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
parana
santos
sao paulo
sport
vasco
vitoria
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance