Lembra de todos? Veja os artilheiros da Copa do Brasil
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



10/10/2018 | 16:36

Lembra de todos? Veja os artilheiros da Copa do Brasil

  •  Gerson - Atlético-MG (Foto: Reprodução)
    Gérson foi o primeiro artilheiro da Copa do Brasil. Na edição de estreia da disputa nacional, em 1989, o então atacante do Galo - de onde é ídolo até os dias de hoje - marcou sete gols. Gerson - Atlético-MG (Foto: Reprodução)
  •  Bizu - Náutico - 1990
    Bizu foi o maior goleador da Copa do Brasil de 1990. O ex-atacante de Náutico (de onde é ídolo) e Palmeiras figurou no topo da artilharia da competição com sete gols marcados. (Foto: Reprodução)
  •  Gérson - Atlético-MG - 1991
    Após ficar com a artilharia em 1989, Gérson voltou a ser o maior goleador da Copa do Brasil em 1991. O atacante do Atlético-MG marcou seis gols com a camisa alvinegra mineira no torneio. (Foto: Reprodução)
  •  Gérson - Internacional - 1992
    E deu ele de novo: transferido ao Internacional em 1992, Gérson foi peça-chave na conquista colorada da Copa do Brasil no mesmo ano. "Nego Gérson", como era conhecido em Porto Alegre, marcou seis gols com a camisa gaúcha. (Foto: Reprodução)
  •  Gilson - Grêmio - 1993
    Gilson quebrou a sequência positiva do colorado Gérson e foi o artilheiro da Copa do Brasil de 1993. O jogador do Grêmio marcou oito gols ao longo do torneio - a melhor marca até aquele momento.  (Foto: Reprodução)
  •  Paulinho McLaren
    Paulinho McLaren foi o grande goleador da Copa do Brasil de 1994. O ex-atacante e atual treinador marcou seis gols com a camisa do Internacional, que lhe renderam o topo do ranking da artilharia no torneio. Reprodução
  •  Sávio - com camisa do Flamengo em 1995
    Em 1995, Sávio foi o grande artilheiro da Copa do Brasil. Com a camisa do Flamengo, que encerrou a campanha na semifinal para o vice-campeão Grêmio, o meia marcou sete gols. (Foto: Divulgação)
  •  Luizão - Palmeiras - 1996
    Em 1996, foi a vez de Luizão entrar para a história como artilheiro da Copa do Brasil. O jogador do Palmeiras marcou oito gols ao longo da competição - à época, junto a Gilson (1993), essa era a melhor marca de um goleador no torneio. Arquivo Lance!
  •  1997 - Paulo Nunes se destacou pelo Grêmio na conquista daquela Copa do Brasil
    Paulo Nunes foi um dos destaques da conquista do Grêmio na Copa do Brasil de 1997. O jogador foi o maior goleador daquela edição, tendo balançado a rede em nove ocasiões. (Foto: Djalma Vassao)
  •  Romário - Flamengo 1998
    Romário ficou com o topo da artilharia da Copa do Brasil de 1998. O Baixinho marcou sete gols pela equipe da Gávea. (Foto: Ricardo Beliel/L!)
  •  Montagem Romário e Petkovic
    Romário e Petkovic dividiram a artilharia da Copa do Brasil de 1999. Os então jogadores de Flamengo e Vitória marcaram sete gols cada durante a competição nacional. (Foto: Reprodução/Divulgação)
  •  Oséas (Cruzeiro) em 2000
    Oséas foi o artilheiro da Copa do Brasil em 2000. O jogador do Cruzeiro ficou com a honra após balançar as redes por dez vezes. Divulgação
  •  Washington (Ponte Preta) em 2001
    Pela Ponte Preta, Washington marcou 12 gols na Copa do Brasil de 2001. Os tentos assinalados renderam ao Coração Valente a artilharia da competição nacional. Divulgação
  •  2002  -Herói: Deivid (Corinthians)
    Deivid foi peça-chave no título do Corinthians na Copa do Brasil de 2002. O atacante marcou 13 gols - a segunda melhor marca na história do torneio - com a camisa do Timão. (Foto: Nelson Almeida/Lancepress!)
  •  Nonato (Bahia) em 2003
    Nonato, em 2003, foi o grande artilheiro da Copa do Brasil. O então atacante do Bahia marcou nove gols com a camisa do Tricolor de Aço. Divulgação
  •  Montagem com Alex Alves (Botafogo) e Dauri (XV de Novembro) em 2004
    A Copa do Brasil teve a artilharia dividida novamente em 2004: Alex Alves (Botafogo) e Dauri (XV de Novembro) marcaram oito gols cada. Divulgação
  •  Fred (Cruzeiro) em 2005
    Em 2005, foi a vez de Fred estabelecer o recorde de mais gols marcados em uma mesma edição da Copa do Brasil. Artilheiro incontestável, o atacante assinalou 14 gols naquela edição. A marca ainda não foi superada. Ari Ferreira/Lancepress!
  •  Valdiram - Vasco (jogando em 2006)
    Ninguém marcou mais gols na Copa do Brasil de 2006 que Valdiram. O ex-atacante marcou sete gols em suas atuações pelo Vasco da Gama. (Foto: Divulgação/Vasco)
  •  Montagem com André Lima (Botafogo), Dênis Marques (Atlético-PR), Dimba (Brasiliense) e Victor Simões (Figueirense) em 2007
     André Lima (Botafogo), Dênis Marques (Atlético-PR), Dimba (Brasiliense) e Victor Simões (Figueirense) foram os quatro artilheiros da Copa do Brasil de 2007. Os jogadores ficaram igualados após marcarem cinco gols cada. Divulgação
  •  Montagem 2008: Edmundo (Vasco) e Romerito (Sport)
    Edmundo e Romerito dividiram a artilharia da Copa do Brasil em 2008. Ambos os jogadores de Vasco e Sport balançaram a rede adversária em seis ocasiões. Cleber Mendes/Lancepress! e Divulgação
  •  Taison - Internacional
    À época no Internacional, Taison foi o artilheiro da Copa do Brasil de 2009, com sete gols marcados. O então camisa 7 do Colorado balançou as redes nas partidas de ida e volta contra Guarani (duas vezes na ida, uma na volta), nos dois duelos contra o Náutico (um na ida e outro na volta), um contra o Flamengo e um contra o Coritiba. (Foto: Lancepress!)
  •  Neymar - Primeiro gol pelo Santos, em 15 de março, na vitória por 3 a 0 sobre o Mogi Mirim
    Em 2010, Neymar foi peça-chave na campanha do título do Santos e marcou 11 gols, ficando com a liderança isolada da artilharia. A marca é a maior dentre os goleadores desde 2005, quando Fred assinalou 14 tentos. O atacante balançou as redes contra Vitória, Atlético-MG, Guarani (cinco vezes), Remo (duas vezes) e Naviraiense (duas vezes). (Foto: Ivan Storti/ Lancepress!)
  •  Montagem - 2011: Alecsandro (Vasco), Rafael Coelho e William (Avaí), Adriano e Kléber (Palmeiras)
    A artilharia voltou a ser compartilhada na Copa do Brasil de 2011: Alecsandro (Vasco), Rafael Coelho e William (Avaí), Adriano e Kléber (Palmeiras) marcaram cinco gols cada ao longo da disputa nacional. Divulgação
  •  São Paulo x Ponte Preta - Luis Fabiano (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)
    Luis Fabiano marcou oito gols e foi o maior goleador da Copa do Brasil de 2012. O então atacante do São Paulo assinalou quatro vezes contra o Independente Tucuruí, duas vezes contra o Bahia de Feira, uma vez contra a Ponte Preta e uma vez contra o Goiás. (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)
  •  2013 -Herói: Hernane Brocador (Flamengo)
    Hernane foi um dos principais personagens da conquista do Flamengo na Copa do Brasil, em 2013. O camisa 9 foi artilheiro isolado do torneio, com oito gols marcados. O "Brocador" marcou dois hat-tricks, um contra o Remo e um contra o Botafogo, além de ter superado as metas de Goiás e Atlético-PR. (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)
  •  Montagem - 2014: Bill (Ceará), Gabriel (Santos) e Léo Gamalho (Santa Cruz)
    Já em 2014, a artilharia da Copa do Brasil foi dividida entre três jogadores: Bill, Gabriel e Léo Gamalho. Os jogadores de Ceará, Santos e Santa Cruz assinalaram seis gols cada. Divulgação
  •  HOME - Santos x Palmeiras - Copa do Brasil - Gabriel Gabigol e torcida na Vila Belmiro (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)
    O Santos viu um de seus jogadores consagrar-se como artilheiro da Copa do Brasil novamente em 2015. Gabriel marcou oito gols, superando a meta de todos os clássicos rivais paulistas: foram dois contra o Sport, dois contra o Corinthians, dois contra o Figueirense, um contra o São Paulo e um contra o Palmeiras.  (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)
  •  Atacante Marinho, do Vitória
    À época no Vitória, Marinho foi o artilheiro da Copa do Brasil de 2016. O atacante marcou seis gols com a camisa do Leão baiano durante a disputa. (Foto: Divulgação)
  •  Montagem - 2017: Léo Gamalho (Goiás), Lucas Barrios (Grêmio) e Rafael Sóbis (Cruzeiro)
    Na última edição da Copa do Brasil, em 2017, a artilharia também foi dividida. Léo Gamalho (Goiás), Lucas Barrios (Grêmio) e Rafael Sóbis (Cruzeiro) ficaram com a honra após marcarem cinco gols cada. Divulgação
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance