LANCE! Espresso: Futebol acima de tudo, receita acima de todos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

LANCE! Espresso: Futebol acima de tudo, receita acima de todos

Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo
Fabio Chiorino e Rodrigo Borges - 22/05/2020 - 07:50
São Paulo (SP)
Pelo terceiro dia seguido, o Flamengo desafiou a Prefeitura do Rio e realizou treino "clandestino" na Gávea. O contato feito pela Secretaria de Saúde depois da primeira sessão não surtiu efeito e o clube voltou a ser alertado. Em reunião com a Prefeitura e a federação do estado, o Rubro-Negro havia revelado seus protocolos, mas não teve liberação para treinar.

O clube ignora e entende que não há ilegalidade nos treinos. Talvez. Mas isso basta? A cidade já teve mais de 3 mil mortes e 30 mil casos da Covid-19. Mas o Flamengo, colocando-se acima de autoridades de saúde do mundo, decidiu que os protocolos que criou bastam. A falta de empatia que seus dirigentes demonstram desde o incêndio que matou dez garotos no Ninho do Urubu são negativos à imagem do clube, que conquistou o País com um futebol encantador na temporada passada.

A gestão liderada por Rodolfo Landim não dá qualquer sinal de se importar com as pessoas. Como tantos, o cartola se comporta como se o futebol fosse um universo à parte, como se não fizesse parte da sociedade. O mundo enfrenta o seu maior desafio em mais de um século, mas o recado que Landim e sua diretoria dão é claro: futebol acima de tudo, receita acima de todos.



-->
O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. Leitura rápida, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance