Flamengo abre 3 a 0, vê Flu reagir, mas vai à final da Taça Guanabara
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Flamengo abre 3 a 0, vê Flu reagir, mas vai à final da Taça Guanabara

  •  Fluminense x Flamengo - Comemoração
    Veja imagens de Fluminense 2 x 3 Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
  •  Fluminense x Flamengo - Evanilson
    Veja imagens de Fluminense 2 x 3 Flamengo (Foto: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.)
  •  Fluminense x Flamengo - Comemoração
    Veja imagens de Fluminense 2 x 3 Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Gabriel Rodrigues - 12/02/2020 - 21:52
Rio de Janeiro (RJ)
Em um clássico com emoção até o fim, o Flamengo fez 3 a 2 no Fluminense, nesta quarta-feira, no Maracanã, e avançou à final Taça Guanabara. Com a qualidade e intensidade de sempre, o Rubro-Negro chegou a abrir 3 a 0 com Bruno Henrique, Gabigol e Filipe Luís. Mas o Tricolor reagiu, descontou com Luccas Claro e Evanilson, e lutou até o último minuto para tentar o empate.

Agora, o Flamengo fica na espera para saber se enfrenta o Boavista ou Volta Redonda na final da Taça Guanabara.

TABELA
> Confira a tabela do Campeonato Carioca

Avassalador
Não deu nem tempo do torcedor se ajeitar na cadeira do Maracanã ou sintonizar na estação do rádio. Com um minuto de jogo, o Flamengo já estava pressionando e abriu o placar. E o gol não poderia ser de outro jogador. Após jogada ensaiada em cobrança de escanteio, Arrascaeta cruzou pela esquerda, Muriel saiu mal e Bruno Henrique testou para as redes, marcando o seu 12º tento em 14 clássicos disputados com a camisa do Flamengo.



-->
Intenso como sempre, o time de Jorge Jesus não deixou o Fluminense respirar e logo ampliou. Aos 7, a zaga tricolor errou na saída de bola, Gabigol arrancou e tocou na saída de Muriel, fazendo 2 a 0.

Sem perder o ritmo
Após um primeiro tempo em que só o Flamengo jogou, o Tricolor tentou atacar na volta do intervalo e quase marcou com Evanilson no começo da etapa complementar. Mas quem marcou, de novo, foi o Flamengo. Logo aos quatro, após ótima jogada coletiva,  que terminou com Gabigol dando um passe de letra e Filipe Luís finalizando, o Rubro-Negro chegou ao terceiro gol.

Flu é guerreiro
Com o seu time pouco ameaçando ao Flamengo, Odair Hellmann colocou Fernando Pacheco no lugar no Wellington Silva. E o peruano mudou o jogo. Aos 15, ele sofreu uma falta pela direita e Nenê cruzou para a área. Yuri escorou de cabeça e o zagueiro-artilheiro Luccas Claro descontou para o Flu. Dez minutos depois, Gilberto foi lançado na direito e cruzou. Na confusão na área, a bola sobrou para Pacheco, que tocou para Evanilson finalizar e marcar o segundo do Flu.

VAR em ação
Lutando muito, o Fluminense quase conseguiu o empate. Primeiro, aos 39, até chegou a marcar com Pacheco, mas o árbitro assinalou impedimento, confirmado pelo VAR. Depois, aos 45, o mesmo atacante caiu na área reclamando de um puxão e pedindo pênalti. Mas, após revisão no vídeo, o juiz marcou impedimento do atacante na origem do lance. Ainda nos acréscimos, o Tricolor teve mais gol anulado por impedimento. Dessa vez de Caio Paulista. O Flu acabou ficando no quase e o Flamengo vai em busca de mais um título.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 3 FLAMENGO


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12/02/2020, às 20h30
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ) - Nota LANCE!: 6,5 - Controlou bem o jogo e acertou nas marcações duvidosas.
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Público/Renda: 53.571 pagantes/59.025 presentes/R$ 2.028.562,00
Gramado: Bom.
Cartões amarelo: Odair Hellmann, Gilberto e Digão (FLU), Willian Arão e Gerson (FLA)
Cartão vermelho: -

Gols: Bruno Henrique, 1'/1ºT (1-0), Gabigol, 7'/1ºT (2-0), Filipe Luís, 4'/2ºT (3-0), Luccas Claro, 15'/2ºT (3-1), Evanilson, 25'/2ºT (2-0)

FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Luccas Claro, Digão e Egídio; Henrique (Ganso, 42'/2ºT), Yuri e Nenê; Wellington Silva (Fernando Pacheco, 11'/2ºT), Evanilson e Marcos Paulo (Caio Paulista, 36'/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Gustavo Henrique; Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego, 16'/2ºT), Arrascaeta (Michael, 36'/2º) e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Técnico: Jorge Jesus.

Facebook Lance Twitter Lance