Corinthians só empata com Ituano e fica longe de classificação no Paulista
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo - Corinthians
1
 
-
 
1
escudo Ituano

Corinthians só empata com Ituano e fica longe de classificação no Paulista

Arena Corinthians
Arena Itaquera esteve vazia neste domingo (Foto: Divulgação/Corinthians)
João Vítor Castanheira - 15/03/2020 - 18:04
Rio de Janeiro (RJ)
A arquibancadas vazias da Arena de Itaquera, saudosa da Fiel, traduziam a melancolia do Corinthians no Campeonato Paulista. Neste domingo, o Timão amargou o empate em 1 a 1 com o Ituano, pela 10ª rodada, e chegou ao sexto jogo sem vitória na competição. O último triunfo foi há mais de um mês, no dia 2 de fevereiro, contra o Santos. 

Com o resultado, o Timão chega a 11 pontos no Grupo D e fica a dois do Guarani, segundo colocado, que enfrenta a rival Ponte Preta nesta segunda-feira. Caso o Bugre vença a Macaca, para ir às quartas-de-final, o Alvinegro precisará vencer seus dois compromissos restantes e torcer por um tropeço do time alviverde de Campinas até o fim da fase de grupos. 

+ Veja a tabela do Campeonato Paulista 



-->
SEM QUERER TAMBÉM VALE
O Ituano foi o primeiro a levar perigo. Aos quatro minutos, Taliari ganhou pelo alto e mandou rente à trave esquerda do Timão. Aos 14, pelo Alvinegro, Luan bateu da entrada da área e Edson fez a primeira de suas muitas defesas. Mas, no lance seguinte, Bruno Lopes cruzou da esquerda, Cássio errou na leitura ao dar um passe no meio, a bola caiu atrás do goleiro e foi direto para as redes. Um golaço por acaso. 

E MAIS:
GOLEIRO ATRASA O EMPATE
O goleiro Edson fazia sua estreia pelo Ituano. E que estreia. Aos 27, Boselli foi lançado por Gil nas costas da defesa e ficou de cara com o estreante, que levou a melhor. Cantillo, em chute rasteiro de dentro da área, e Yony, de fora, tiveram o mesmo destino. O camisa 1 do Galo de Itu só seria vazado no último lance da primeira etapa. A zaga do rubro-negro afastou mal, Everaldo encontrou Luan na área, e o meia-atacante bateu de chapa, com categoria, para empatar. 

O segundo tempo começou com muito perde e ganha no meio-campo e demorou a engrenar. O Timão afunilava o jogo e encontrava pouco espaço. A primeira boa chance veio somente aos 24, quando Luan, quem mais tentava, cruzou, e Boselli desviou para fora. A resposta do Ituano veio em dose dupla. Baralhas chutou fora de longe e Cássio espalmou para escanteio. Após a cobrança, a bola sobrou para Pacheco, que bateu rasteiro e exigiu nova defesa do capitão alvinegro. 

ARAOS REAPARECE
O chileno entrou e, além de melhorar a circulação de bola corintiana, ao pisar na área,quase marcou de cabeça após lançamento de Janderson. Mas a produção ofensiva do Corinthians, especialmente pelos lados do campo, ainda era pobre. No fim, até Gil virou atacante, mas o Timão amargou um empate melancólica em uma Arena vazia. 

PRÓXIMOS JOGOS
Neste domingo, a CBF suspendeu todas as competições por causa do surto de COVID-19. Caso a Federação Paulista não siga o mesma conduta, o Timão volta a campo contra o Palmeiras no próximo domingo, novamente em Itaquera. O Ituano, por sua vez, recebe a Ferroviária na segunda-feira.


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 1 ITUANO

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 15/3/2020 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP) - Nota L!: 6,0 - Sem pressão da torcida, arbitrou com tranquilidade
Assistentes: Marco Antonio de Andrade Motta Junior e Herman Brumel Vani (ambos de SP)
Gramado: Ótimo
Público e renda:
Cartões amarelos: Camacho (COR); Léo Duarte, Paulinho Dias, Breno Lopes (ITU)
Cartões vermelhos: não houve. 

GOLS: Breno Lopes 14'/1ºT (0-1), Luan 47'1ºT

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Carlos Augusto; Camacho, Cantillo (Araos, 21'/2ºT) e Luan; Everaldo (Janderson, 20'2ºT), Yony González e Mauro Boselli (Vagner Love, 27'2ºT). Técnico: Tiago Nunes

ITUANO
Edson; Pacheco, Léo Rigo, Suéliton e Breno Lopes; Baralhas, Corrêa e Marcos Serrato; Yago (Luizinho, 42'/2ºT), Gabriel Taliari (Luiz Paulo, 38'/2ºT) e Minho (Léo Duarte, intervalo). Técnico: Vinícius Bergantin

Facebook Lance Twitter Lance