Com piora do quadro de COVID-19 no estado, data de retorno do Gauchão fica em xeque
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com piora do quadro de COVID-19 no estado, data de retorno do Gauchão fica em xeque

Taça Ewaldo Poeta, nome oficial do primeiro turno do Gauchão
Foto: Pedro Trindade/FGF
Futebol Latino - 28/06/2020 - 15:18
Porto Alegre (RS)
As mudanças de bandeira para status de maior risco de contágio em várias regiões do Rio Grande do Sul tiveram efeito, também, na análise do Governo do Estado sobre a volta do estadual marcada, anteriormente, para o dia 19 de julho.

Tanto é que o processo de análise do protocolo entregue pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) as entidades governamentais ainda não foi efetivamente concluído justamente diante da piora no quadro geral do estado. A informação foi publicada em nota oficial da Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE).

Algo que, naturalmente, inclui a Região Metropolitana de Porto Alegre, do Vale dos Sinos e também da Serra Gaúcha, áreas que apresentavam um panorama mais favorável ao acontecimento dos jogos em sedes específicas.  

Com isso, a nota oficial segue suas explanações entendendo como temerosa a possibilidade de retomar a competição no dia 19 de julho. Dentro da avaliação já feita pela SGGE, "além da possibilidade das bandeiras vermelhas, o Estado estará em uma época que, historicamente, ocorre o pico da demanda de internações por Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) no RS. Portanto, trata-se de um momento especialmente importante em termos de medidas para conter a disseminação do coronavírus."

O secretário da pasta, Claudio Gastal, entende como natural a solicitação feita pelo governo e, mediante a relação estabelecida entre as partes, esse tipo de pedido não deve gerar qualquer insatisfação:

- Como estamos com um bom diálogo com a Federação, que compreende a situação que estamos passamos no Estado, vamos estender essa análise por mais um período para tomarmos a decisão mais sensata e segura possível. O interesse de todos os envolvidos é de não colocar a vida de ninguém em risco.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance