Em clássico goiano, Vila Nova bate Goiás e se afasta do Z-4 da Série B

Em clássico goiano, Vila Nova bate Goiás e se afasta do Z-4 da Série B

Futebol Latino - 24/09/2021 - 21:15
Goiânia (GO)
Goiás e Vila Nova abriram a 26ª rodada do Brasileirão Série B. Jogando no Estádio da Serrinha, em Goiás, as equipes se encontraram nesta sexta-feira, 24. Mesmo fora de casa, o Tigre conseguiu anular o Esmeraldino, levando a melhor por 2 a 1.


Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS!


SUPERIOR!

Mesmo jogando fora de casa, o Vila Nova conseguiu, tranquilamente, se sobressair diante do Goiás. Na partida, o Tigre se aproveitou das falhas defensivas do time esmeraldino e fazia boas jogadas de perigo.

​NA PRESSÃO!

Após alguns minutos tentando estudar o Goiás, o Vila Nova teve grande chance aos 15. Aproveitando as falhas do Esmeraldino, na jogada, Alesson venceu a marcação de David Duarte e chutou. A bola ia sobrando para Clayton abrir o placar, mas nada de balançar as redes. Quatro minutos depois, Renato Silveira cabeceou com perigo.

Goiás x Vila Nova
Vila venceu o Goiás pela Série B (Foto: Reprodução/Twitter Vila Nova)
GOL E TIGRE NA FRENTE!

O Goiás mal apareceu durante a primeira etapa. O time, que vinha fazendo bons resultados na competição, não mostrou grande intensidade e, aos 29, sofreu um gol. O time da casa saiu jogando errado com Tadeu, Fellipe Bastos e Caio Vinícius. Assim, Alesson ficou com a bola na intermediária e mandou uma bomba no canto direito do goleiro esmeraldino, abrindo o placar.

BUSCANDO MAIS GOLS!

O Tigre não diminuiu a intensidade e quase ampliou. Aos 33, Clayton tocou para Arthur Rezende, que tentou. Tadeu apareceu para defender. Cinco minutos depois, Clayton roubou a bola de Caio Vinicius e saiu na cara do gol. Contudo, na hora de finalizar, parou na defesa do goleiro alviverde.

ENTRANDO NO JOGO…

O Goiás foi ter uma das principais chances em sua primeira chegada. Aos 39, na primeira finalização do time, Alef Manga apareceu e mandou uma bomba da entrada da área. Georgemy evitou o tento de empate.

EM BUSCA DA VIRADA!

O Goiás mudou seu aspecto e retornou mais forte na segunda etapa. Logo no primeiro minuto, Dadá Belmonte tentou. Aos 5, foi a vez de Apodi, que chutou para a boa defesa de Georgemy.

CHANCES PERDIDAS!

Apesar das investidas, o Vila Nova não deixou o Goiás crescer tanto no jogo. Aos 15, Dudu cobrou uma falta de perigo para o goleiro Tadeu. Cinco minutos depois, a resposta dos mandantes foi de alto nível. Após cobrança de escanteio, Georgemy saiu mal, e a bola sobrou para Reynaldo. No entanto, o zagueiro chutou sem goleiro, mas mandou para fora.

PELA LINHA E DE LETRA…

Os dois times seguiram tentando mudar o placar. Aos 23, Bruno Mezenga lançou para Apodi, que bateu cruzado. A bola passou por Georgemy, mas ninguém apareceu para o fundo das redes. Dois minutos depois, o Tigre apareceu com Clayton, que recebeu de Alesson, mas mandou para fora.

EMPATE!

Depois de tentar, o Esmeraldino, enfim, deixou tudo igual. Aos 28, Welliton recebeu de Dadá Belmonte, venceu a zaga do Vila Nova e chutou. A bola ainda passou em baixo do goleiro Georgemy. 1 a 1.

ALEGRIA DE POBRE DURA POUCO…

O Vila Nova não gostou muito do empate e tratou logo de mudar novamente o marcador. Aos 29, um minuto após o placar ficar igual, Diego Tavares tocou para Willian Formiga, que cruzou na cabeça de Pedro Júnior. O atacante mandou à esquerda de Tadeu, colocando os visitantes na frente.

ÂNIMOS À FLOR DA PELE…

O clássico ficou ainda mais agitado. Aos 33, o Goiás apareceu com Fellipe Bastos, que chutou de longe para Apodi isolar. O volante tentou de novo. Aos 38, mandou uma bomba para a defesa do goleiro do Vila Nova. Dessa maneira, sem outros sustos, o duelo terminou com a vitória do Tigre.


E MAIS:
FICHA TÉCNICA
Goiás 1 x 2 Vila Nova
Local:
Serrinha, em Goiânia (GO)
Data e hora: 24/09/2021 - 19h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Lopes Caetano (RO)
VAR: Péricles Bassols (SP)
Cartões amarelos: David Duarte e Wellinton (Goiás); Rafael Donato e Alesson (Vila Nova)
Cartões vermelhos: -
Gols: Alesson, aos 29'/1ºT (0-1); Wellinton, aos 28'/2ºT (1-1); Pedro Júnior, aos 29'/2ºT (1-2)

GOIÁS (Técnico: Marcelo Cabo)

Tadeu; Apodi, David Duarte (Matheus Salustiano, aos 33‘/2°T), Reynaldo e Hugo; Rezende (Fellipe Bastos, aos 22‘/1°T), Caio (Dadá Belmonte, aos 0‘/2°T) e Elvis (Albano, aos 24‘/2°T); Dieguinho, Bruno Mezenga e Alef Manga (Welliton, aos 0‘/2°T).

VILA NOVA (Técnico: Higo Magalhães)

Georgemy; Moacir, Renato Silveira, Rafael Donato e Willian Formiga; Deivid (Éder, aos 45‘/2°T), Dudu e Arthur Rezende (Xandão, aos 45‘/2°T); Kelvin (Diego Tavares, aos 21‘/2°T), Clayton (Pedro Júnior, aos 27‘/2°T) e Alesson (Maná, aos 27‘/2°T).


Facebook Lance Twitter Lance