Muricy faz 63 anos! Lembre momentos da carreira do técnico
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



30/11/2018 | 16:58

Muricy faz 63 anos! Lembre momentos da carreira do técnico

  •  Muricy Ramalho é o novo comentarista do canal SporTV
    Muricy Ramalho completa nestes 63 anos, deixando muita história no futebol brasileiro. Depois de ter sido jogador de futebol, ele foi para a beira do gramado, onde obteve grandes feitos. O LANCE! traz algumas de suas lembranças. Foto: Reprodução SporTV
  •  Muricy Ramalho e Telê Santana
    Muricy Ramalho teve seu começo de trabalho como auxiliar-técnico de Telê Santana no São Paulo. Ele, que tinha sido jogador de futebol, reencontrava-se, em outra função, com seu antigo treinador no Tricolor paulista. (Foto: Reprodução / Twitter)
  •  São Paulo - Copa Conmebol - 1994
    Curiosamente, o primeiro título de Muricy Ramalho veio no período em que era auxiliar-técnico do São Paulo. Ele comandava o "Expressinho" do Tricolor paulista na conquista da Copa Conmebol de 1994, tendo no elenco nomes como Rogério Ceni, Juninho Paulista e Caio. (Foto: Divulgação)
  •  São Paulo - Copa Master Conmebol - 1996
    Já efetivado como técnico, depois que Telê Santana deixou o clube por problemas de saúde, Muricy teve uma nova conquista: a Copa Master Conmebol. O São Paulo venceu o Atlético-MG por 3 a 0 na decisão. Nomes como Zetti, Edmilson, Válber, Axel e Valdir Bigode estavam no time. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - comandando o São Paulo - 1996
    Após seis meses no comando do clube, Muricy Ramalho voltou a alternar momentos entre auxiliar-técnico e interino no Tricolor paulista. Na foto, ele ao lado de Carlos Alberto Parreira, que chegara ao São Paulo. Em 1997, saiu do clube para comandar o Guarani. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - Shanghai Shenhua (CHI) - 1998
    Após uma curta passagem pelo Guarani, Muricy Ramalho conquistou um título de dimensões internacionais: no Shanghai Shenshua sagrou-se campeão da Copa da China de 1998. Depois, retornou ao Brasil e comandou clubes paulistas, como Ituano, Botafogo-SP e Portuguesa Santista (Foto: Reprodução / Twitter)
  •  Muricy Ramalho - técnico do Náutico - 2001
    Em 2001, iniciou em grande estilo sua passagem pelo Náutico: no ano do centenário do clube, quebrou um jejum de 11 anos no Campeonato Pernambucano (e, de quebra, impediu o hexa do rival Sport). No mesmo ano, foi para o Santa Cruz, mas não evitou o rebaixamento da equipe no Brasileiro. Voltou ao Náutico em 2002 e deu nova volta olímpica: foi bicampeão estadual.  (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - técnico do Internacional (em 2003 ou 2005)
    Depois de uma passagem pelo Figueirense em 2002, quando garantiu o time na elite do Brasileiro, no ano de 2003 aceitou o desafio do Internacional. E, no Colorado, deu nova volta olímpica: com nomes como Clemer, Daniel Carvalho e Cleiton Xavier, sagrou-se campeão gaúcho ao bater o XV de Novembro. O Inter ainda ficou em sexto lugar no Brasileiro daquele ano.  (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - técnico do São Caetano (em 2004)
    Em 2004, Muricy Ramalho entrou para outra história: se tornou o treinador do primeiro título paulista do São Caetano. Contando com nomes como Silvio Luis, o saudoso Serginho, Mineiro, Marcelo Mattos, Gilberto e Euller, o Azulão derrotou o Paulista, comandado por Zetti. A equipe ainda foi até as quartas de final da Libertadores, perdendo nos pênaltis para o Boca Juniors. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - técnico do Internacional
    Voltou ao Internacional no decorrer do Brasileiro de 2004. No ano seguinte, Muricy Ramalho levou a equipe de Tinga, Jorge Wagner, Rafael Sobis e do saudoso Fernandão a levar o Gauchão. Porém, o Brasileiro de 2005 trouxe um gosto amargo: em competição conturbada devido a jogos remarcados após o escândalo da Máfia do Apito, o Colorado perdeu o título para o Corinthians. (Foto: Divulgação/Internacional)
  •  Muricy Ramalho - comandando título brasileiro no São Paulo em 2006
    No ano de 2006, as portas do São Paulo voltaram a ser abertas para Muricy Ramalho. Após um início oscilante, a equipe de Rogério Ceni, Mineiro, Danilo, Leandro e Aloísio Chulapa partiu para o título brasileiro. Sob seu comando, o Tricolor paulista quebrava um jejum de 15 anos na competição nacional. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho São Paulo 2007
    No ano seguinte, o São Paulo decepcionou na Libertadores. No entanto, o Campeonato Brasileiro trouxe novo grande momento para o clube paulista: contando com nomes como Miranda, Hernanes, Jorge Wagner e Dagoberto, veio seu segundo título da competição nacional seguido. Gaspar Nobrega/Vipcomm
  •  Muricy Ramalho - comandando título brasileiro no São Paulo em 2008
    Em 2008, Muricy Ramalho levou o São Paulo a um feito histórico: o tricampeonato brasileiro consecutivo. Acrescentando nomes como Joilson, Hugo e Borges ao time, o Tricolor paulista garantiu o título com o 1 a 0 no Bezerrão. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - Palmeiras
    Após sair do São Paulo no início de 2009, Muricy Ramalho desembarcou no Palmeiras com o desafio de tirar o clube da fila no Brasileirão. A equipe chegou a liderar a competição por 17 rodadas (e tinha segurança na ponta a cinco jogos do fim). Porém, teve queda vertiginosa e sequer foi para a Libertadores. No ano seguinte, caiu após um revés por 4 a 1 para o São Caetano (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)
  •  Muricy Ramalho pelo Fluminense
    Pouco depois, Muricy Ramalho aceitou a proposta para comandar o Fluminense.  E não decepcionou: a equipe liderada por Conca, que tinha ainda Emerson Sheik e Fred foi se impondo durante o Brasileirão, até garantir a volta olímpica em 2010. Mesmo com o título, deixou o clube em março do ano seguinte, queixando-se da precariedade das instalações. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - comandando o Santos no título do Paulista de 2011
    Ainda em 2011, Muricy Ramalho aceitou a proposta para comandar o Santos. E logo mostrou que seu faro por títulos seguia apurado. O time que tinha Arouca, Edu Dracena, Elano, Ganso e a dupla Neymar e Zé Love sagrou-se campeã do Paulistão. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - comandando o Santos no título da Libertadores de 2011
    Em seguida, o técnico teria um motivo ainda maior para celebrar: com show de Neymar e Ganso, os santistas não tomaram conhecimento do Peñarol e se sagraram campeões da Copa Libertadores de 2011. O sonho do Mundial de Clubes, porém, virou pura frustração: um passeio por 4 a 0 que a equipe sofreu para o Barcelona liderado por Messi.  (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho - comandando Santos no título da Recopa de 2012
    No ano de 2012, Muricy Ramalho ainda conduziu o Santos a um título inédito: a Recopa Sul-Americana. Com gols de Neymar e Bruno Rodrigo, a equipe bateu por 2 a 0 a Universidad de Chile na decisão. Na época, Neymar fazia dupla com André.   (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho pelo Santos
    Muricy Ramalho ainda seguiu no comando do Santos para a temporada de 2013. Após a perda do título paulista para o Corinthians, o treinador foi demitido pelo mau momento no Brasileirão. (Foto: Ivan Storti)
  •  Volta de Muricy Ramalho ao São Paulo, em 2013
    Ainda no decorrer do Brasileirão de 2013, o técnico retornou ao São Paulo com uma nova responsabilidade: tirar a equipe do risco do Z4. Aos poucos, com seu trabalho, a equipe foi saltando para uma nona colocação.  (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
  •  Muricy Ramalho - São Paulo em 2013
    Em 2014, o Tricolor paulista foi mal no Paulistão e amargou uma desclassificação na Copa do Brasil para o Bragantino. Porém, no Brasileirão, garantiu das vagas da Copa Libertadores, ao ser vice-campeão da competição. (Foto: Divulgação)
  •  Muricy Ramalho pelo São Paulo
    Só que o instável início do Tricolor paulista de 2015 pôs um ponto final ao seu ciclo. Após a derrota por 2 a 0 para o Botafogo-SP, o técnico deixou o clube, alegando que estava com problemas de saúde e iria operar o coração em breve. (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)
  •  Muricy Ramalho - comandando o Flamengo
    No fim de 2015, Muricy Ramalho voltou ao futebol, para comandar o Flamengo. Segundo suas palavras, embora tenha recebido outras propostas, foi "o clube que mais precisa de mim".  (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)
  •  HOME - Flamengo x Fluminense - Campeonato Carioca - Muricy Ramalho (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/LANCE!Press)
    Após comandar a equipe no início de 2016, Muricy Ramalho optou por entregar o cargo em maio. A decisão ocorreu após ele realizar uma bateria de exames e mostrar-se em dúvida em relação ao seu estado de saúde.   (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/LANCE!Press)
  •  Muricy Ramalho hoje é comentarista da Globo e SporTV
    Atualmente, Muricy Ramalho trabalha como comentarista de futebol dos canais Globo e Sportv Instagram
SEUCLUBE
america-mineiro
atlético mineiro
atletico-paranaense
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
parana
santos
sao paulo
sport
vasco
vitoria
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance