Zebras, goleadas... Os destaques da fase de grupos da Champions
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



13/12/2018 | 14:07

Zebras, goleadas... Os destaques da fase de grupos da Champions

  •  Montagem - Cristiano Ronaldo (Juventus), Neymar (PSG) e Salah (Liverpool)
    A fase de grupos da Liga dos Campeões teve muitos atrativos. Zebras, classificações suadas, goleadas... Entre os principais destaques, a dupla derrota do Real Madrid para o CSKA, Messi como capitão, batendo recordes e liderando o Barcelona em um difícil grupo, a classificação suada de PSG e Liverpool, além de boas exibições de clubes como Borussia Dortmund, Atlético de Madrid e Porto (Foto: Reprodução/AFP)
  •  Borussia Dortmund x Atletico de Madrid
    Líder do Campeonato Alemão (com sobras), o Borussia Dortmund não decepcionou na Liga dos Campeões. O clube alemão passou em primeiro, com quatro vitórias, um empate e uma derrota. Entre os principais jogos da equipe, a vitória por 3 a 0 no Monaco e o triunfo inesquecível sobre o Atlético de Madrid: 4 a 0, em casa, com gols de Guerreiro (2), Jadon Sancho e Witsel AFP
  •  Griezmann - Atlético de Madrid x Borussia Dortmund
    O Atlético de Madrid também foi muito bem. Apesar da goleada sofrida pelo Borussia, os Colchoneros passaram com tranquilidade e devolveram a derrota com uma vitória, por 2 a 0, sobre o clube alemão, com gols de Griezmann e Saúl. O Atleti se classificou em segundo, mas com a mesma pontuação e campanha que o Borussia Dortmund. Outro destaque foi a vitória por 2 a 1, contra o Monaco, fora de casa, na estreia (Foto: JAVIER SORIANO / AFP)
  •  Messi - Espanyol x Barcelona
    Messi estreou como capitão do Barcelona, nessa Liga dos Campeões e liderou o clube catalão em um dos grupos mais fortes da competição. O Barça se classificou com sobras em um grupo que continha Internazionale e Tottenham. Com 14 pontos, quatro vitórias e dois empates, as vitórias mais marcantes foram as duas primeiras: 4 a 0 no PSV, com hat-trick de Messi e 4 a 2 no Tottenham, fora de casa, com gols de Philippe Coutinho, Rakitic e Messi (2). Com essa sequência, o craque argentino atingiu o feito de fazer cinco gols de forma mais rápida na competição em toda sua carreira (Foto: Pau Barrena / AFP)
  •  Gol de Kane - Tottenham x PSV
    Pela segunda colocação, Tottenham e Internazionale fizeram um duelo à parte. Destaque para os Spurs, que se classificaram na última rodada, com o empate, em 1 a 1, com o Barcelona, fora de casa. Outro jogo marcante foi a vitória sobre a Internazionale, por 1 a 0, com gol de Eriksen, nos minutos finais (Foto: Ian Kington / AFP)
  •  Icardi - Inter de Milão x Barcelona
    A Internazionale, porém, teve uma campanha honrosa. Perdeu a vaga na última rodada e teve a mesma pontuação que o Tottenham. Entre os destaques, a vitória por 2 a 1, contra o clube inglês, em casa: os Spurs abriram o placar, com Eriksen, mas Icardi, aos 40 minutos, empatou e Vecino, no último minuto, virou. Outra vitória que merece destaque foi sobre o PSV, por 2 a 1, fora de casa (Foto: Marco Bertorello / AFP)
  •  Neymar - Estrela Vermelha x PSG
    O PSG começou mal a competição e perdeu para o Liverpool, por 3 a 2, na estreia e, logo de cara, se complicou no grupo. Liderados por Neymar, Mbappé e Cavani, porém, o clube parisiense se recuperou e se classificou em primeiro, com 11 pontos. O PSG teve o melhor ataque da competição (17 gols) e entre os destaques, a acachapante vitória, por 6 a 1, sobre o Estrela Vermelha e o triunfo, na penúltima rodada, contra o Liverpool, em casa, por 2 a 1 (Foto: AFP)
  •  Napoli x Liverpool
    Liverpool e Napoli eram os rivais do grupo e o clube inglês levou a melhor. Os Reds tiveram uma campanha irregular, com três vitórias e três derrotas. O principal tropeço foi a derrota para o Estrela Vermelha, por 2 a 0, fora de casa. As vitórias sobre o PSG (3 a 2) e a derradeira sobre o Napoli, na última rodada, por 1 a 0, que selou a classificação AFP
  •  Felipe - Galatasaray x Porto
    O Porto se impôs no Grupo D, se classificou com sobras e teve a melhor campanha da fase de grupos: 16 pontos, cinco vitórias e um empate. Entre os destaques, uma vitória em cada participante do grupo. Primeiro, o 3 a 1 no Lokomotiv, fora de casa. Depois, 3 a 1 no Schalke 04 e, na última rodada, 3 a 2 no Galatasaray, fora de casa. Campanha impecável dos portugueses (Foto: Ozan Kose / AFP)
  •  Lewandowski
    O Bayern de Munique teve alguns tropeços no Campeonato Alemão, que fez com que o trabalho do treinador Niko Kovac ficasse contestado. A Liga dos Campeões, porém, foi um refúgio para os bávaros. O clube alemão se classificou em primeiro em um grupo complicado, com Ajax e Benfica. Entre os destaques, as duas vitórias sobre o Benfica. Primeiro, 2 a 0 fora de casa, na estréia, depois, um incontestável 5 a 1, em casa, com gols de Lewandowski (2), Robben (2) e Ribery. O atacante polonês, inclusive, é o atual artilheiro da competição, com oito gols AFP
  •  Ajax x Bayern
    Com uma geração talentosíssima, que inclui os cobiçados Mathijs de Ligt e Frenkie de Jong, o Ajax se classificou com uma campanha bastante regular e que merece destaque. O clube holandês se classificou em segundo, de forma invicta, com três vitórias e três empates. A equipe não perdeu para o Bayern de Munique e o empate, em 1 a 1, fora de casa, foi uma das boas partidas do Ajax. Além disso, venceu o Benfica, por 1 a 0, com gol de Mazraoui, no último minuto, partida que foi muito importante para a classificação AFP
  •  Manchester City x Hoffeihem
    O Manchester City se classificou, teoricamente, com facilidade. Os Citizens abriram quatro pontos sobre o segundo colocação (Lyon) e tiveram boas exibições, apesar de dificuldade em algumas partidas. Entre as principais vitórias, um 6 a 0 sobre o Shakhtar, com hat-trick de Gabriel Jesus, além de uma importante vitória sobre o Hoffenheim, por 2 a 1, fora de casa AFP
  •  Lyon x Manchester City
    O Lyon foi uma das surpresas da Liga dos Campeões. O clube francês se classificou invicto, mas com cinco empates. A única vitória, porém, foi importantíssima. Logo na estreia da competição, uma vitória por 2 a 1, sobre o Manchester City, fora de casa. Aliás, o Lyon se classificou por conta dessa vitória e não perdeu nenhuma partida para o clube inglês no grupo AFP
  •  Real Madrid x CSKA Moscou
    O Real Madrid é o maior vencedor da história da Liga dos Campeões, mas, no Grupo G, CSKA e Viktoria Pilsen merecem destaques primeiro. Ambos não se classificaram, mas mostraram muita força no grupo com os Merengues e a Roma. O CSKA venceu as duas contra o Real Madrid: vitória por 1 a 0, em casa e uma acachapante vitória por 3 a 0, em pleno Santiago Bernabéu. O Viktoria Plzen, por sua vez, foi taxado como o clube mais fraco e que seria o lanterna. O clube tcheco, porém, terminou em terceiro, classificado para a Liga Europa e venceu, tanto o CSKA (2 a 1, fora de casa) quanto a Roma (2 a 1, em casa) (Foto: AFP)
  •  Real Madrid x Roma
    O Real Madrid, porém, se classificou em primeiro, com 12 pontos, apesar da freguesia para o CSKA. Destaque para os importantes triunfos contra a Roma, segunda equipe mais forte do grupo. Primeiro, um 3 a 0 em casa, depois, venceu por 2 a 0, no Estádio Olímpico AFP
  •  Dzeko - Roma x Viktoria Plzen
    A Roma também foi um dos destaques da primeira fase. Se classificou de forma antecipada, com grande desempenho de Edin Dzeko. O bósnio marcou três gols na vitória sobre o Viktoria Plzen, por 5 a 0, fora de casa e dois gols na vitória sobre o CSKA, por 3 a 0, em casa (Foto: Vincenzo Pinto / AFP)
  •  Cristiano Ronaldo - DAZN
    A Juventus não reve vida fácil no Grupo H. Se classificou em primeiro, mas perdeu duas partidas. Primeiro para o Manchester United, em casa, por 2 a 1, de virada. Depois, para o Young Boys, pelo mesmo marcador, na última rodada. A Velha Senhora, porém, também teve seus momentos de destaque, como as duas vitórias fora de casa, contra o Valencia (2 a 1) e Manchester United (1 a 0) (Foto: Marco BERTORELLO / AFP)
  •  Manchester United
    A temporada inteira do United é irregular. Com Mourinho e os problemas de relacionamento com os jogadores, o Manchester se classificou porque se garantiu contra o Young Boys, com duas vitórias, entre elas um 3 a 0, fora de casa. A principal vitória, porém, foi contra a Juventus, fora de casa, por 2 a 1 (Foto: Reprodução)
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance