United joga bem fora, Lukaku marca dois e Mourinho respira com vitória
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

United joga bem fora, Lukaku marca dois e Mourinho respira com vitória

Lukaku
Lukaku foi o nome do jogo (Foto: Reprodução)
LANCE! - 02/09/2018 - 13:52
Burnley (ING)
O Manchester United venceu o Burnley com propriedade (e com um a menos), neste domingo, por 2 a 0. Lukaku foi um dos destaques da partida, com dois gols no primeiro tempo. Pogba tem a possibilidade de ampliar, mas Hart, com grande atuação, defende pênalti do francês. Rashford entra no segundo tempo, é expulso, mas não compromete vitória incontestável da equipe de José Mourinho.

Crise?
A partida era importantíssima para o Manchester United. Depois de duas derrotas seguidas, primeiro para o Brighton (3 a 2) e depois uma incontestável para o Tottenham (3 a 0), o cargo de José Mourinho ficou balançado e o português passou a ser contestado pela imprensa inglesa. A vitória era importante para apaziguar os ânimos nos Diabos Vermelhos.

Diferente dos jogos anteriores
O United já demonstrou, nos primeiros minutos, que não ia dar vazão para mais um tropeço. A equipe jogava de forma fluida e leve, como se esperasse o momento certo para abrir o placar. O lateral Luke Shaw, com força e bom apoio, era uma das armas ofensivas. Pogba, tranquilo e consciente, articulava bem o meio com o ataque e Lingard, surgia como atacante mais perigoso.

Paciente, United abre o placar
Apesar da pressão, o Manchester United jogava tranquilo e com paciência. Com um elenco que tem jogadores de reconhecido talento individual, não demorou para o Manchester abrir o placar. Alexis Sánchez deu uma linda assistência para Lukaku e o belga cabeceou para abrir o placar.

Hart é o destaque do Burnley
O Burnley não conseguia criar de forma efetiva e tinha no experiente goleiro Hart, o seu principal destaque. O ex-goleiro da seleção inglesa e do Manchester City, fez importantes defesas, que fizeram com que o placar não terminasse mais elástico no primeiro tempo, como uma bela saída para evitar o segundo gol de Lukaku.

Segundo gol belga
O United permanecia tranquilo, criando boas condições de ampliar e circulando bem a bola entre os setores de campo. Se Hart conseguiu evitar, anteriormente, o segundo gol de Lukaku, nada pode fazer no final do primeiro tempo. O belga recebeu dentro da área, fez o pivô e rolou para Pogba. O francês driblou com extrema facilidade o marcador e bateu colocado, mas a bola espirrou na zaga e sobrou para Lukaku, que encheu o pé e ampliou a vantagem ainda no primeiro tempo.

Pogba perde pênalti
O segundo tempo começou da forma que o primeiro terminou: com o Manchester dominando a partida, preenchendo os espaços e mantendo a posse de bola. O terceiro gol poderia ter saído e definido o jogo, logo no início da segunda etapa, mas a estrela de Hart brilhou. O juiz marcou uma penalidade para o United, Pogba foi para a cobrança e o goleiro inglês brilhou, para manter vivo o Burnley na partida.

Expulsão
Mourinho fez uma alteração que teve um papel decisivo no jogo, mas não para o lado positivo. O português sacou Sánchez e colocou o Rashford. O atacante trouxe mais vitalidade e velocidade ao setor ofensivo, mas o jovem inglês se envolveu em uma confusão com Phillip Bardsley, deu uma cabeçada no inglês e foi expulso de campo.

Expulsão
Mourinho fez uma alteração que teve um papel decisivo no jogo, mas não para o lado positivo. O português sacou Sánchez e colocou o Rashford. O atacante trouxe mais vitalidade e velocidade ao setor ofensivo, mas o jovem inglês se envolveu em uma confusão com Phillip Bardsley, deu uma cabeçada no inglês e foi expulso de campo.

Ânimo para Mourinho
O Burnley não conseguiu aproveitar a vantagem de um homem a mais. O United continuou dominando a partida e quase ampliou com Lukaku. O belga desperdiçou a chance de fazer um hat-trick, ao perder um gol, após driblar o goleiro Hart. A equipe de José Mourinho jogou de forma madura e não repetiu os erros dos jogos anteriores. Dessa forma, José Mourinho ganha ânimo no comando.

Facebook Lance Twitter Lance