Sylvinho é mais um! Relembre técnicos brasileiros que fracassaram na Europa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



08/10/2019 | 17:06

Sylvinho é mais um! Relembre técnicos brasileiros que fracassaram na Europa

  •  Montagem - Luxemburgo (Real Madrid), Felipão (Chelsea) e Parreira (Valencia)
    Sylvinho foi desligado do comando do Lyon na última segunda-feira após início ruim no Francês. Luxemburgo, Felipão e Parreira também tiveram trabalhos ruins na Europa, assim como Abel Braga, Paulo Autuori, Sebastião Lazaroni e Roberto Carlos. Confira a lista: AFP; AFP; Reprodução
  •  Luxemburgo - Real Madrid - 2005
    Vanderlei Luxemburgo - Real Madrid Vanderlei Luxemburgo chegou ao Real Madrid, no final de 2004, em uma equipe que tinha Ronaldo, Roberto Carlos, Raúl, entre outros craques. Quase um ano depois da sua chegada, foi demitido. Luxemburgo realizou 45 partidas oficiais pela equipe. Foram 28 vitórias, sete empates e dez derrotas.Foram cinco competições disputadas e nenhum título conquistado Divulgação
  •  Mineiro e Felipão (Foto: Divulgação / Chelsea)
    Felipão - Chelsea Felipão chegou ao Chelsea em julho de 2008. Depois de uma série de resultados considerados ruins pela diretoria do Chelsea, Felipão acabou sendo demitido pelo time londrino, em fevereiro de 2009. Na sua passagem, Felipão teve um aproveitamento de 62%, com 19 vitórias, 10 empates e 7 derrotas, totalizando trinta e seis partidas disputadas Mineiro e Felipão (Foto: Divulgação / Chelsea)
  •  Carlos Alberto Parreira completa 75 anos nesta terça-feira e o LANCE! presta homenagem relembrando um pouco da carreira do técnico
    Parreira - Valencia Carlos Alberto Parreira teve uma passagem pelo Valencia em 1994, mas não conseguiu bons resultados e durou menos de uma temporada no comando do clube espanhol. Parreira teve mais sucesso no Fenerbahce, para onde foi em 1995. Apesar de ter ficado apenas 12 meses à frente do clube turco, acabou com o jejum de sete anos do clube sem conquistar o título nacional VANDERLEI ALMEIDA / AFP
  •  Abel Braga - técnico do Olympique de Marselha
    Abel Braga - Olympique de Marselha Hoje no Cruzeiro, Abel Braga comandou diversos time em Portugal, como: Rio Ave, Famalicão, Belenenses e Vitória de Setúbal, mas o time de mais destaque que treinou foi o Olympique de Marselha. Contratado em 2000 pelo time francês, o técnico brasileiro não fez um bom trabalho e foi demitido após 15 jogos e apenas quatro vitórias (Foto: Reprodução)
  •  Sebastião Lazaroni - 1989
    Sebastião Lazaroni - Fiorentina Após comandar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1990, Sebastião Lazaroni assinou com a Fiorentina, mas não fez um bom trabalho e somou apenas nove vitórias em 39 partidas sob comando do time italiano. Na Europa, Lazaroni também comandou Bari (ITA), Fenerbahçe (TUR), Trabzonspor (TUR) e Marítimo (POR) (Foto: Divulgação)
  •  Roberto Carlos - Sivasspor (Foto: Divulgação)
    Roberto Carlos - Anzhi, Sivasspor e Belediyespor Em 2011, Roberto Carlos foi contratado pelo Anzhi, da Rússia, para assumir dupla função, de técnico e jogador. No entanto, o brasileiro não obteve bons resultados e foi demitido uma temporada depois. Em 2013, fechou com o Sivasspor, onde teve uma boa primeira temporada, mas não manteve o ritmo no ano seguinte e foi dispensado. Pelo Belediyespor também não fez bom trabalho Roberto Carlos - Sivasspor (Foto: Divulgação)
  •  Paulo Autuori - Ludogorets
    Paulo Autuori - Benfica Depois de um começo como auxiliar no Brasil, Paulo Autuori começou a carreira de técnico em Portugal, onde passou por Nacional, Vitória Guimarães, Marítimo e Benfica. Neste último, ficou menos de uma temporada, somou 23 jogos e 14 vitórias (Foto: Divulgação)
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance