Reservas decidem, Manchester City joga para o 'gasto' e vence Zagreb
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Manchester City escudo
2
  
-
 
0
Dinamo zagreb escudo

Reservas decidem, Manchester City joga para o 'gasto' e vence Zagreb

City x Zagreb
Sterling sai do banco parar marcar primeiro gol do Manchester City (Foto: AFP) 
João Vítor Castanheira - 01/10/2019 - 18:05
Manchester (ING)
O torcedor que foi ao Etihad Stadium, nesta terça-feira, não viu o Manchester City que o mundo conhece. Com a posse de bola massiva de costume, mas sem grande inspiração, os Sky Blues, sem sustos, venceram o Dínamo de Zagreb por 2 a 0, pela Liga dos Campeões. Sterling e Phil Foden , lançados por Pep Guardiola no segundo tempo, marcaram os gols da vitória inglesa. 

Com o resultado, o City mantém a liderança isolada do Grupo C, com seis pontos. Mesmo derrotados, os croatas, com três pontos, seguem na segunda posição pelos critérios de desempate. O Shakhtar Donetsk, que venceu o Atalanta mais cedo, na Itália, também tem três. 

> Confira e simule a classificação da UEFA Champions League 


PÉ TORTO INGLÊS
Os croatas começaram fazendo o que não se deve: errar contra o citizens de Guardiola no Etihad. O meio-campo do Zagreb recuou mal e deixou Agüero na cara do gol. O argentino tentou driblar Livakovic , mas parou na recuperação do goleiro. Na sequência, Bernardo teve a chance, mas bateu fraco, em cima da marcação. Aos 21, mais City. Gündogan recebeu passe rasteiro de Silva, e acertou no travessão. Depois, foi a vez do espanhol ter chance cristalina na pequena área, mas finalizar para fora. 

CRISE NO CITY?
Com o desenrolar da etapa inicial, o ritmo dos mandantes caiu, enquanto o time de Zagreb, com as linhas bem recuadas, resistia bravamente. No ataque croata, Dani Olmo, revelação espanhola, era o desafogo. Isolado, porém, o jovem pouco conseguia criar. E sim: para a surpresa geral, foram 45 minutos dos citizens, em casa, sem gols. 

DEZ É O NÚMERO DA SORTE
Aos 10 minutos da etapa final, Sterling saiu do banco, substituindo Bernado Silva. E o inglês precisou de exatos 10 minutos no gramado para desamarrar o jogo para os ingleses. Rodri, um dos melhores em campo, achou Mahrez na esquerda. O argelino cruzou rasteiro para o camisa 7 do Sky Blues, na grande área, só empurrar. 

DEDO DO TREINADOR

As equipes pareciam aceitar o resultado até que, nos acréscimos, Phil Foden saiu do banco - no que parecia uma substituição apenas para ganhar tempo. Mas com o jovem, após contra-ataque, Sterling achou o camisa 47 na área, que bateu cruzado e deu números finais ao placar - consagrando o toque de midas de Pep Guardiola. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance