Messi fala de possível retorno de Neymar ao Barça: 'Acho difícil'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Messi fala de possível retorno de Neymar ao Barça: 'Acho difícil'

Neymar e Messi - Barcelona x Sevilla
Brasileiro e argentino fizeram uma grande dupla no Barça (Foto: AFP)
LANCE! - 27/12/2018 - 10:20
Barcelona (ESP)
Cinco vezes eleito o melhor jogador do mundo, Lionel Messi concedeu entrevista exclusiva ao jornal espanhol 'MARCA', divulgada nesta quinta-feira, onde comentou sobre diversos assuntos. Entre eles, o argentino falou sobre uma possível volta de Neymar ao Barcelona, onde os dois protagonizaram, ao lado de Luis Suárez, um dos melhores trios de ataque do futebol mundial.

- Eu vejo isso de uma forma complicada. Gostaríamos que ele voltasse pelo que ele significa, tanto como jogador quanto para o ambiente no vestiário. Somos amigos, vivemos coisas muito agradáveis, outras nem tanto, mas passamos muito tempo juntos. Mas acho muito difícil até sair de Paris. O PSG não vai deixar Neymar sair do clube - disse.

Além de Neymar, Messi também falou sobre outro grande jogador do futebol europeu: Cristiano Ronaldo. O craque português nos últimos anos foi o principal rival do camisa 10 do Barcelona no Campeonato Espanhol e na corrida pelo prêmio de melhor jogador do mundo, onde cada um conquistou o troféu cinco vezes.

- Naquela época, nós jogamos juntos no mesmo campeonato e tentando ganhar cada um com sua equipe e isso foi muito bom. Cristiano foi um grande jogador para a liga e para o Real Madrid, e esses duelos foram muito bons. Foi uma rivalidade muito saudável em que ambos queríamos melhorar a cada dia para dar o melhor para seus times. E acho que também foi bom para quem assistiu - analisou Messi.

Cristiano Ronaldo e Messi
Fora de campo, a relação entre os dois é amistosa (Foto: AFP)
Há algum tempo, Cristiano Ronaldo fez um desafio para Messi, dizendo que gostaria que ele deixasse o Barcelona e fosse jogar com ele no Campeonato Italiano. O camisa 10 respondeu ao desafio e afirmou que não sai do Barça.

- Eu não preciso de nenhuma mudança. Eu estou no melhor time do mundo. Meus desafios são renovados ano após ano. Eu não preciso mudar de time ou de campeonato para definir novos objetivos. Estou em minha casa, no melhor clube do mundo e não preciso mudar - destacou.

Tido como um dos melhores jogadores do mundo há pelo menos dez temporadas, Lionel Messi ficou apenas com um quinto lugar nas premiações entregues pela FIFA e pela revista 'France Football'. Entretanto, segundo o camisa 10, isso não fez diferença para sua carreira.

- Se eu for honesto, não dou importância a Bola de Ouro, embora seja um prêmio muito relevante. Eu sabia que nesta temporada não teria chance de ganhar. Eu escutei os nomes que estavam sendo embaralhados e eu sabia que não ia estar lá. A partir daí, não esperei ser terceiro, quarto ou quinto. Nesse sentido, não fiquei surpreso porque não esperava ganhar nada - declarou.

Pep Guardiola também foi um dos assuntos debatidos por Messi durante a entrevista. O capitão do Barcelona respondeu sobre uma comparação entre poder jogar com um jovem talento do futebol, o alemão Leroy Sané, ou ser treinado novamente pelo atual técnico do Manchester City.

- É sempre bom jogar com grandes jogadores. Embora seja difícil, eu gostaria de trabalhar novamente com o Guardiola. Ele é um dos melhores treinadores do mundo. É por isso que eu gostaria, mas estou lhe dizendo sabendo que acho que seria complicado - concluiu.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance