Marcelo admite fraude fiscal e vai pagar multa de R$ 964 mil, diz jornal
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Marcelo admite fraude fiscal e vai pagar multa de R$ 964 mil, diz jornal

Marcelo -  lateral -  Real Madrid (ESP)
O jogador utilizou uma empresa fantasma uruguaia para sonegar impostos (Foto: Patrik Stollarz/AFP)
LANCE! - 11/09/2018 - 09:17
Madri (ESP)
O lateral da Seleção Brasileira, Marcelo, vai firmar um acordo, nesta quarta-feira, em que assume para a Fazenda Espanhola, que exerceu fraude fiscal em 2013. Segundo 'El Mundo', o jogador teria utilizado uma empresa fantasma uruguaia para sonegar seus direitos de imagem e driblar o imposto de renda. O brasileiro aceitou a sentença de quatro meses de prisão e, por colaborar com a resolução do caso e assumir a culpa, teve uma redução em 40% na sua multa e vai ter que pagar 196.367 mil euros (R$ 964 mil) para a justiça.

Ainda de acordo com a publicação, a multa inicial era de 753.624 mil euros (R$ 3,5 milhões) por delito fiscal. O acordo vai ser apresentado nesta terça-feira e a multa teve uma significativa redução. O jogador utilizou uma empresa fantasma sediada no Uruguai, Birsen Trade S/A, para realizar o procedimento. O jogador foi para o Tribunal Criminal nº 18 para ratificar os fatos perante o juiz.

Marcelo obtém uma redução substancial da multa, porque admitiu a culpa e colabora com a resolução do caso no menor tempo possível. A Agência Tributária também acusa Marcelo de sonegar impostos entre 2011 e 2012, mas as cifras não chegam a 120 mil euros (R$ 570 mil), apenas acima desse valor que pode ser considerado um delito fiscal.

Messi, CR7, Mourinho...
O brasileiro não é o primeiro a ser investigado pelo fisco espanhol. Em 2017, Cristiano Ronaldo foi acusado de sonegar 14,6 milhões de euros (R$ 51 milhões, na cotação da época), enquanto Messi foi acusado, no mesmo ano, de ocultar um valor de 4,1 milhões de euros (R$ 15 milhões) em paraísos fiscais. O técnico José Mourinho, em 2018, também chegou a um acordo com o fisco e pagou uma multa de 669,3 mil euros (R$ 3,21 milhões) para não ser preso por sonegação.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance