Punição motiva Manchester City por primeiro título da Champions
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Punição motiva Manchester City por primeiro título da Champions

Real Madrid x Manchester City
Jesus em ação pelo City (Foto: JAVIER SORIANO/AFP)
LANCE! - 13/03/2020 - 16:10
Rio de Janeiro
Punido pela Uefa por irregularidades em relação ao fair play financeiro, o Manchester City foi banido das duas próximas edições da Liga dos Campeões e, a menos que consiga reverter a pena na Corte Arbitral do Esporte (CAS), não disputará qualquer competição europeia nos próximos anos. A decisão revoltou o clube, mas pode ter um efeito “positivo” para a Champions League desta temporada: afinal de contas, servirá como um motivador para a conquista de um título que seria inédito na história do clube.

Com data ainda a ser definida, por conta do adiamento em virtude da pandemia de coronavírus, o City recebe o poderoso Real Madrid e pode até perder por 1 a 0 para avançar às quartas de final, já que venceu o jogo de ida, no Santiago Bernabéu, por 2 a 1, de virada. O resultado histórico coloca o time treinado por Pep Guardiola em evidência na competição. Nas cotações, o time inglês é o principal favorito ao título da Liga dos Campeões, de acordo com o portal especializado Sites de Apostas. Com odds girando em torno de 4 para cada 1 apostado, o City fica à frente de gigantes como Bayern de Munique, Barcelona, Juventus e PSG.

A campanha dos ingleses, até aqui, é irrepreensível na competição europeia. Com 5 vitórias em 7 jogos, o City ainda não perdeu na competição, tal qual Barcelona, Napoli e Bayern de Munique. O ataque já balançou as redes adversárias 18 vezes, ficando atrás apenas de Bayern e PSG. A defesa também está entre as melhores, apenas 5 gols sofridos, perdendo apenas para a do PSG, e empatando com Bayern, Juventus, Napoli e Barcelona.

No entanto, o City já teve campanhas irrepreensíveis em outros anos e não ficou com o título. Para esse ano, porém, a “fome” pelo título parece ser maior, e muito se deve pela punição imposta pela Uefa. O próprio Pep Guardiola já usou o fato para motivar seus atletas no vestiário. Desde que a punição da Uefa foi anunciada, no dia 14 de fevereiro, o Manchester City realizou seis jogos, contando todas as competições, e conseguiu cinco vitórias, incluindo o triunfo sobre o Real Madrid na Espanha, considerada a maior vitória da história do clube na competição europeia. A única derrota veio no clássico contra o Manchester United, na última rodada da Premier League.

Outro fator que pode pesar a favor do City na Champions League é o fato de estar virtualmente fora de qualquer chance de título no Campeonato Inglês, já que o Liverpool tem 25 pontos de vantagem na liderança e deve ser campeão dentro de algumas semanas. Com isso, o foco do time de Pep Guardiola deve estar voltado totalmente para a Champions, embora a equipe ainda esteja viva na Copa da Inglaterra. Afinal, o título do maior torneio do continente viria para coroar todo o investimento feito pelos árabes liderados por Khaldoon Al Mubarak, há mais de uma década, quando o City deixou de ser um time mediano no país para brigar por todos os títulos.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance