Malcom estreia pelo Zenit em jogo marcado por protestos racistas
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Malcom estreia pelo Zenit em jogo marcado por protestos racistas

Malcom
Brasileiro em campo pelo Zenit (Foto: Divulgação)
LANCE! - 04/08/2019 - 15:11
São Petersburgo (RUS)
Contratado nesta semana pelo Zenit, o brasileiro Malcom fez sua estreia pelo novo clube neste final de semana, contra o Krasnodar, em uma partida que terminou empatada por 1 a 1. No entanto, o que poderia ser um dia de alegria para o atacante, se tornou um dia para esquecer, graças a própria torcida do Zenit.

Malcom entrou apenas na etapa final e atuou por 18 minutos, mas foi o suficiente para ver a torcida organizada do Zenit estender uma faixa de cunho racista onde dizia 'Respeitem nossas tradições', no intuito de manter a equipe sem jogadores negros.

- Nós não somos racistas e para nós a ausência de jogadores negros é apenas uma tradição importante, enfatizando a identidade do clube e nada mais. Nós, como o clube mais setentrional das principais cidades européias, nunca nos conectamos mentalmente com a África, como na América do Sul, na Austrália ou na Oceania. Não temos absolutamente nada contra os habitantes destes e de quaisquer outros continentes, mas ao mesmo tempo queremos que os jogadores de espírito próximo joguem no Zenit - disse a organizada do Zenit em um comunicado publicado na internet.

Além de Malcom, o Zenit conta com outro jogador negro e brasileiro, o lateral-esquerdo Douglas Santos que, inclusive, marcou um gol contra nesta partida contra o Krasnodar.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance