Kaká ressalta 'DNA' do Milan e não descarta trabalhar no clube italiano
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Kaká ressalta 'DNA' do Milan e não descarta trabalhar no clube italiano

Kaka no Milan
Kaká é um dos maiores ídolos da história do Milan (Foto: AFP/Miguel Medina)
LANCE! - 22/08/2018 - 12:00
Milão (ITA)
Kaká é um dos maiores ídolos da história do Milan. O clube italiano tenta se reestruturar e se fortalecer para voltar a ser protagonista no futebol da Bota. Em entrevista ao 'Gazzetta dello Sport', Kaká, que está na Itália, falou sobre a chegada de CR7, suas esperanças para o Milan desta temporada e não descartou uma possível volta ao clube onde foi tanto feliz.

- No momento eu quero ficar com minha família no Brasil e não consigo imaginar um compromisso de trabalho preciso. Estou na Itália neste período por motivos pessoais, por isso vou aproveitar a oportunidade para aproveitar a cidade. Estarei em San Siro como fã, mas é óbvio que no futuro gostaria de fazer mais pelo Milan. É uma questão de tempo - disse Kaká

O Milan contratou para esta temporada, jogadores como o atacante argentino Gonzalo Higuaín. Além disso, reconquistou o direito de disputar a Liga Europa, após ter sido impedido de disputar por problemas financeiros, ocasionados pelo antigo proprietário, o chinês Li Yonghong. O brasileiro ressaltou que vencer a competição seria importante.

- É uma equipe que está seriamente tentando retomar seu lugar no grande futebol. E não será necessário negligenciar a Liga Europa: quando as equipes eliminadas da Liga dos Campeões chegarem, será um torneio muito fascinante e vencê-lo pode ser fundamental - comentou Kaká

Kaká saiu do Milan em 2009 e foi anunciado como novo reforço do Real Madrid, juntamente com Cristiano Ronaldo. A trajetória do brasileiro foi marcada por lesões, enquanto CR7 se transformou em um dos maiores ídolos do clube. O ex-jogador analisou a ida de Cristiano Ronaldo para o futebol italiano e a força da Juventus.

- Para o futebol italiano é ótimo tê-lo, mostra visibilidade, patrocinadores, interesse da mídia em todo o mundo. Os campeões agora, se tiverem a chance de vir e jogar na Série A, vão pensar nisso. Cristiano traz muito para o sistema de futebol italiano como um todo, não apenas para a Juventus. A Juve, no papel, é o time mais forte. Mas muitas coisas podem acontecer e se deve pensar no DNA do Milan - destacou o brasileiro

Por fim, o brasileiro elogiou o seu compatriota e recém repatriado pelo Milan, o dirigente de futebol Leonardo. Kaká, que já trabalhou com Leonardo no Milan, ressaltou a experiência do dirigente e as suas principais qualidades.

- Experiência, contatos internacionais com a Fifa, com a Uefa, grandes clubes. Leo já fez tudo, ele viajou pelo mundo. É inteligente e também conhece bem o mundo da comunicação. Ele sabe administrar uma equipe importante - finalizou

Facebook Lance Twitter Lance