Espanhol vira idioma oficial em vários clubes de futebol do mundo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Espanhol vira idioma oficial em vários clubes de futebol do mundo

PSG x Bourdeux
Espanhol virou um dos idiomas do PSG (MARTIN BUREAU / AFP)
LANCE! - 02/04/2020 - 10:12
Rio de Janeiro
Não é por acaso que cada vez mais os esportistas estão estudando espanhol, a segunda língua mais falada no mundo. São muitos os jogadores de futebol, por exemplo, que assinam contratos e vão jogar a outros países onde, de um modo geral, se fala espanhol.

Uma pesquisa recente feita pelo CIES Football Observatory, determinou que o Brasil é o país que exporta mais jogadores para o mundo todo. Mesmo sendo Portugal um dos principais destinos desses jogadores justamente por causa da língua, em países como a França o espanhol já está em primeiro lugar: no vestiário do Paris Saint-Germain, mesmo tendo jogadores de diversos países jogando nesse time, a língua mais falada é o espanhol, como mostra reportagem do jornal francês Le Parisien.

Acontece que a maioria dos jogadores do Paris Saint-Germain não são franceses, e tendo jogadores como Icardi (Argentina), Navas (Costa Rica), Sarabia, Rico e Herrera (espanhóis) no time, é evidente que a comunicação entre todos seja o espanhol. Até o Neymar se comunica nessa língua, que aprendeu depois da sua experiência de quatro anos jogando no Barça.

Pouca participação brasileira no futebol argentino

Muitos jogadores argentinos tiveram participação importante no futebol brasileiro: Fillol no Flamengo, Tevez e Mascherano no Corinthians, Conca no Fluminense e também no Vasco e no Flamengo, D’Alessandro no Internacional, Pratto no São Paulo e no Atlético Mineiro, e vários outros. Mas não acontece da mesma forma na Argentina com jogadores brasileiros. A explicação para isso é justamente a língua: o Brasil é o único país na América do Sul onde não se fala espanhol. Portanto, é bem compreensível que os clubes argentinos procurem jogadores na Colômbia, no Uruguai, no Chile...

É claro que o estilo do jogo também influencia na hora de escolher um jogador de outro país, mas a língua é um fator muito importante! E estudar espanhol na Argentina seria a melhor solução para atravessar essa barreira que atrapalha não sou aos profissionais do futebol.

Pensando na possibilidade de esportistas brasileiros de todas as áreas, além do futebol, desenvolverem as suas carreiras em países irmãos, como Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai ou Colômbia, entre outros, o primeiro passo para esses jovens que estão se preparando para um futuro esportivo promissor, é estudar espanhol.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance