Inglaterra recebe EUA em jogo de despedida de Wayne Rooney
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Inglaterra recebe EUA em jogo de despedida de Wayne Rooney

Rooney - Inglaterra
Rooney usará 10 e faixa pela última vez na carreira com a Inglaterra (Foto: AFP)
LANCE! - 14/11/2018 - 17:00
Londres (ING)
Nesta quinta-feira, a Inglaterra recebe a jovem seleção dos Estados Unidos, no Estádio de Wembley, às 18h (horário brasileiro de verão), em partida amistosa. Entretanto, o jogo terá um tempero especial: a despedida do capitão e maior artilheiro da história da seleção, Wayne Rooney.

O ex-atacante ídolo do Manchester United e atual jogador do DC United, da Major League Soccer, chegará na marca de 120 partidas com a camisa da Inglaterra, com 53 gols marcados durante longos 15 anos. Nesta quinta, Rooney voltará a usar a camisa 10 e a envergar a faixa de capitão da equipe.

'UM JOGO ESPECIAL'
Comandante da seleção inglesa, coube a Gareth Southgate em ser último técnico a convocar Wayne Rooney. Curiosamente, Southgate foi companheiro do atacante na própria seleção em suas primeiras convocações e no primeiro jogo em que o camisa 10 foi titular da Inglaterra, contra a Turquia, em 2003.

Em coletiva, o treinador lembrou da partida de 15 anos atrás e comentou da importância do jogador para a história da seleção inglesa e para os jogadores que hoje estão vestindo a camisa dos Three Lions.

- Nós somos a Inglaterra e toda vez que entramos em campo temos que vencer. O jogo tem como foco o Wayne, mas será uma noite especial porque teremos algumas estreias também. Eu tenho muito respeito por jogadores que entram e não se esquivam da partida, porque dentro do vestiário você sabe quem são esses jogadores. Isso sempre foi algo que me impressionou com Rooney. Eu estava no banco no jogo contra a Turquia em Sunderland e no treinos foi como 'quem era esse garoto e por que ele estava treinando?', mas no final nós sabíamos que Sven-Göran Eriksson tinha que colocá-lo como titular - declarou o técnico.

E MAIS:
'FELIZ PELA HOMENAGEM, MAS ESPERO QUE NÃO FAÇA GOLS'
Treinador interino dos Estados Unidos, Dave Sarachan comentou sobre a felicidade de participar de um momento tão importante para a história do futebol inglês e em sua opinião, a homenagem ao artilheiro não desvaloriza a partida desta quinta-feira.

- Se ele marcar contra nós amanhã, não ficarei feliz com a decisão de ter uma partida de homenagem (risos). Pensei nisso porque sei que causou controvérsia. Minha opinião é que um jogador como Wayne Rooney, que teve uma excelente carreira internacional em termos de sua seleção, ter a oportunidade de recompensá-lo por isso, eu aplaudo isso. Não desvaloriza o jogo, eu me sentiria diferente se ele tivesse se aposentado do futebol há três anos, mas ele está vindo atrás de uma temporada de impacto na MLS. Considerando tudo isso, acho que quando você tem a oportunidade de recompensar um jogador assim, não acho que seja ruim - concluiu Dave.

Facebook Lance Twitter Lance