Holofotes se voltam a Bartomeu em apresentação de Braithwaite
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Holofotes se voltam a Bartomeu em apresentação de Braithwaite

Apresentação Martin Braithwaite, ao lado de Bartomeu e Abidal
Bartomeu (esq.) e Abidal (dir.) em apresentação de Braithwaite (centro). (Foto: AFP) 
LANCE! - 20/02/2020 - 17:18
Barcelona (ESP)
Nesta quinta-feira, o dinamarquês Martin Braithwaite, de 28 anos, chegou para reforçar o ataque do Barcelona. Mas a apresentação do jogador, contratado por 18 milhões de euros (cerca de R$ 85 milhões) junto ao Leganés, ficou em segundo plano. O foco das atenções foi Josep Maria Bartomeu, presidente do clube espanhol. 

No início da semana, uma rádio espanhola acusou a direção catalã de contratar uma empresa para defender Bartomeu e criticar atletas como Messi, Piqué e Xavi nas redes sociais. A coletiva desta quinta foi primeira vez que o mandatário encontrou a imprensa desde o ocorrido. 

Bartomeu procurou se ater à apresentação de Braithwaite, mas disse estar particularmente desconfortável com os problemas relacionados às acusações. O presidente se limitou a dizer que o clube está investigando as denúncias internamente.

Quem também teve uma crise para contornar foi Eric Abidal, secretário técnico. No início de fevereiro, o ex-jogador sugeriu "corpo mole" de alguns jogadores quanto ao comando de Ernesto Valverde, demitido em janeiro. A declaração não pegou bem com Lionel Messi, que nas redes sociais, pediu para o francês "dar nomes", pois, caso contrário, "estaria sujando a todos".

- Obrigado por perguntar. Posso dizer que aprendi muito nos últimos dias. Aprendi que os problemas internos precisam ser tratados internamente e não na mídia. A partir daí, o futuro nos dirá - disse Abidal nesta quinta-feira.

+ LANCE! Espresso: A bagunça no Barcelona atingiu Lionel Messi. E isso é um péssimo sinal

E MAIS:
O mandatário procurou se ater à apresentação de Braithwaite, mas disse estar particularmente desconfortável com os problemas relacionados às acusações. O presidente se limitou a dizer que o clube está investigando as denúncias internamente.

Quem também teve uma crise para contornar foi Eric Abidal, secretário técnico. No início de fevereiro, o ex-jogador sugeriu "corpo mole" de alguns jogadores quanto ao comando de Ernesto Valverde, demitido em janeiro. A declaração não pegou bem com Lionel Messi, que nas redes sociais, pediu para o francês "dar nomes", pois, caso contrário, "estaria sujando a todos".

- Obrigado por perguntar. Posso dizer que aprendi muito nos últimos dias. Aprendi que os problemas internos precisam ser tratados internamente e não na mídia. A partir daí, o futuro nos dirá - disse Abidal nesta quinta-feira.

Josep Maria Bartomeu - Barcelona
Bartomeu lida com crise no Barça (Foto: AFP)
De onze perguntas feitas na coletiva de apresentação de Braithwaite, oito foram para Bartomeu. O dirigente elogiou a nova contratação e mostrou solidariedade ao Leganés, que perdeu um de seus principais nomes durante o curso da temporada.

- Fizemos o que o padrão permite, mas essas cláusulas devem ser modificadas. Não é justo que os Leganés não possa se reforçar. No futuro, algumas revisões devem ser feitas (no regulamento) - disse o dirigente.

Com Luis Suárez afastado desde o fim de 2019 e a lesão de Dembelé após o encerramento da janelas de transferências, o Barcelona foi liberado pela liga espanhola para contratar fora do período de negociações. Assim, a equipe blaugrana acabou por desfalcar o Leganés, cujo diretor protestou contra o regulamento.

Facebook Lance Twitter Lance