Ex-Fulham, Clint Dempsey anuncia aposentadoria do futebol
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ex-Fulham, Clint Dempsey anuncia aposentadoria do futebol

  •  Gana x EUA - Clint Dempsey (Foto: Carl de Souza/ AFP)
    Dempsey fez gol na Copa do Mundo do Brasil, contra Gana  (Foto: Carl de Souza/AFP)
  •  Dempsey Fulham
    No Fulham, teve a melhor fase da carreira (Foto: AFP)
  •  Dempsey Tottenham
    Após o Fulham, se mudou para o Tottenham (Foto: AFP)
  •  Dempsey, do Seattle Sounders, ganhou US$ 4.605.941 no ano de 2015
    No Seattle Sounders, encerrou sua carreira e foi campeão da MLS (Foto: Otto Greule Jr/Getty Images/AFP)
LANCE! - 29/08/2018 - 17:02
Seattle (EUA)
Um dos maiores jogadores da história do futebol dos Estados Unidos, ao lado de Landon Donovan, Clint Dempsey anunciou sua aposentadoria nesta quarta-feira. O atacante estava jogando pelo Seattle Sounders, da MLS. Pela seleção americana, o jogador disputou três Copas do Mundo (2006, 2010, 2014).

Dempsey surgiu com destaque para o futebol em 2004, com a camisa do New England Revolution, também da MLS. Foram 71 jogos, com 25 gols marcados, o que o levou para Inglaterra, para vestir a camisa do Fulham.

No time inglês, o norte-americano teve sua melhor fase na carreira. Disputando a Premier League, Dempsey quase conseguiu levar o Fulham ao maior título de sua história. Em 2009/10, mesmo com Dempsey marcando gol, a equipe londrina foi vice-campeã da Liga Europa, perdendo para o Atlético de Madrid. Pelos Cottages, foram 232 partidas, marcando 60 gols. Seu bom desempenho fez com que o Tottenham o contratasse, mas o jogador não teve o mesmo sucesso com a camisa dos Spurs. Atuou por 43 oportunidades e balançou as redes apenas 12 vezes.

Após sua carreira na Inglaterra, Dempsey voltou para MLS e assinou com o Seattle Sounders. Com o time americano, foram 136 partidas com 57 gols e um título nacional. 

Pelo site do time americano, o jogador falou em nota oficial sobre sua decisão de se retirar do futebol e agradeceu a todos que sempre o acompanharam.

- Depois de pensar muito, minha família e eu decidimos que esse é o momento certo de me aposentar. Queria agradecer a todos os companheiros e treinadores com quem joguei. Sempre foi o meu sonho se tornar um jogador e agradeço por tudo que conquistei. Agradeço aos torcedores do New England Revolution, Fulham, Tottenham, Seattle Sounders e da seleção americana por sempre me fazerem me sentir em casa. Sempre lembrarei disso - disse.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance