Conheça ex-jogadores famosos que são treinadores de clubes menores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



28/09/2018 | 14:36

Conheça ex-jogadores famosos que são treinadores de clubes menores

  •  Montagem - Steven Gerrard (Rangers), Fabio Cannavaro (Guangzhou Evergrande) e Patrick Viera (Nice)
    Nesta terça-feira, o Derby County eliminou o Manchester United, pela Copa da Liga Inglesa, em pleno Old Trafford. No banco de reservas do pequeno clube inglês, Frank Lampard dava as instruções para os jogadores. Atualmente, outros ex-jogadores, alguns com mais sucesso, outros com menos, são treinadores de clubes de menor expressão. Entre os destaques, Steven Gerrard, no Rangers e Patrick Viera, no Nice. Além dos italianos, Alessandro Nesta (Perugia), Filippo Inzaghi (Bologna) e Fabio Cannavaro (Guangzhou Evergrande). Confira outros ex-jogadores famosos que são treinadores atualmente (REPRODUÇÃO)
  •  Lampard - Derby County
    Lampard é um dos maiores ídolos da história do Chelsea. O ex-meia participou de 640 jogos, marcou 209 gols e deu 150 assistências. Conquistou a Liga dos Campeões (2011/12) e três títulos da Premier League. Teve passagens pelo Manchester City e encerrou a carreira no New York City. Começou sua carreira como treinador neta temporada e chamou a atenção por ter eliminado o Manchester United na Copa da Liga Inglesa. Ao todo são 12 jogos, com oito vitórias, um empate e três derrotas. O Derby County ocupa a sexta colocação da segunda divisão inglesa (Foto: Reprodução / Twitter)
  •  Gerrard - Rangers
    Steven Gerrard (Rangers) - Steven Gerrard é um dos maiores ídolos da história do Liverpool. Símbolo da equipe e ex-capitão, Gerrard jogou 710 jogos, marcou 185 gols e deu 117 assistências pelos Reds, além de ter conquistado o título da Liga dos Campeões (2005). Após passar como treinador nas divisões de base do Liverpool, foi para o Rangers, da Escócia. Ao todo, são 17 partidas, com nove vitórias, sete empates e uma derrota. O Rangers de Gerrard está nas semifinais da Copa da Liga Escocesa, na segunda colocação do Campeonato Escocês e do Grupo G da Liga Europa (Foto: Divulgação)
  •  Patrick Vieira
    Patrick Viera (Nice) - Vitorioso no Arsenal, equipe em que conquistou três Premier Leagues e campeão do mundo com a França, em 1998, Patrick Vieira foi um grande volante. Atualmente, tenta a sorte como técnico e comada o Nice. Em seta partidas, venceu três, empatou uma e perdeu três. O Nice ocupa a 11ª colocação do Francês, com dez pontos. Vieira, porém, foi elogiado por seu ex-técnico, o francês Arsene Wenger (Foto: Divulgação)
  •  Zagueiro: Nesta
    Alessandro Nesta (Perugia) - Campeão da Copa do Mundo (2006), duas vezes campeão da Liga dos Campeões (2006/07 e 2002/03) e duas vezes campeão do Campeonato Italiano (2003/04 e 2010/11). Esse é o currículo de Alessandro Nesta, um dos maiores zagueiros da história do futebol italiano. Depois de treinar o Miami FC (2015-17), o ex-zagueiro retorna ao seu país natal para continuar sua carreira de treinador. Nesta é o técnico do Perugia e não tem feito boa campanha. Em sete partidas, foram cinco derrotas e apenas uma vitória e um empate. O Perugia ocupa a oitava posição da Série B e recentemente perdeu para o Novara, na segunda fase da Copa da Itália Milan
  •  Makelele (UEFA)
    Claude Makélélé (KAS Eupen) - Claude Makélélé foi um dos maiores volantes franceses. Defendeu o Real Madrid (2000-03), o Chelsea (2003-08) e encerrou a carreira no PSG (2011). Foi duas vezes campeão da Premier League e conquistou a Liga dos Campeões (2001/02), com o clube espanhol. Como treinador, já comandou o Bastia (2014) e, atualmente, é o técnico do KAS Eupen, da Bélgica. Com 36 partidas, teve nove vitórias, oito empates e 19 derrotas. Clube de menor expressão da Bélgica, o KAS Eupen ocupa a 12ª posição do Campeonato Belga, mas segue vivo na Copa da Bélgica. O clube venceu o Tubize, por 3 a 0, na sexta rodada Makelele (UEFA)
  •  Filippo Inzaghi - Bologna
    Filippo Inzaghi (Bologna) - Filippo Inzaghi foi um dos grandes artilheiros da Itália na década de 90. Com passagens por Atalanta, Juventus, Parma e Milan, o italiano foi campeão do mundo em 2006. Viveu sua melhor fase no Milan, onde conquistou duas Liga dos Campeões (2002/03 e 2006/07), sempre sendo decisivo e marcando em finais. Como treinador, dirigiu o Milan (2014-15), sem muito sucesso e o Venezia (2016--2018). Atualmente é o treinador do Bologna. Ao todo, são sete partidas, quatro derrotas, um empate e duas vitórias. A equipe está na zona de rebaixamento, na 18ª posição (Foto: Reprodução / Twitter)
  •  Fabio Grosso (Hellas Verona)
    Fabio Grosso (Hellas Verona) - Fabio Grosso foi responsável pela cobrança de pênalti que deu o título para a Itália, da Copa do Mundo, em 2006. Atuou em clubes como Inter de Milão, Lyon e Juventus. Atualmente, é o treinador do Hellas Verona. Ao todo, são sete partidas, com cinco vitórias, uma derrota e um empate. O clube de Verona é o atual líder da Série B, mas foi eliminado pelo Catania na Copa da Itália (Foto: Reprodução)
  •  Lembra dele? Ex-goleiro Michel Preud'homme, atual técnico do Brugge, orienta time na derrota de 2 a 1 para o Porto
    Michel Preud'homme (Standard Liège) - Ex-goleiro da seleção belga, Michel Preud'homme foi um dos maiores goleiros de seu país. Com passagem pelo Benfica, Preud'homme foi ídolo do Standard Liège e conquistou dois títulos pelo clube do Campeonato Belga. Atualmente, é o treinador da equipe e ocupa a oitava posição do campeonato nacional. Técnico desde os anos 2000, Preud'homme já treinou o Standard Liège (2000-08), o Twente (2010-11) e o Brugge (2013-17). Conquistou dois Campeonatos Belgas, primeiro com o Liège (2007/08) e depois com o Brugge (2015/16) (Foto: JOHN THYS / AFP)
  •  Rubén Baraja (Sporting Gijón)
    Rubén Baraja (Sporting Gijón) - Com 47 jogos pela seleção espanhola e um dos maiores ídolos do Valencia, Rubén Baraja é o atual técnico do Sporting Gijón. Como jogador, foi bicampeão do Campeonato Espanhol, com o Valencia, em 2001/02 e 2003/04. Como treinador, comandou o Elche (2016-16) e do Rayo Vallecano (2016-17). No comando do Gijón, já são 33 partidas, com 18 vitórias, quatro empates e 11 derrotas. O Gijón ocupa o décimo lugar da série B espanhola (Reprodução)
  •  Maradona
    Diego Maradona (Dorados de Sinaloa) - Diego Maradona é, incontestavelmente, um dos maiores jogadores da história do futebol. Vitorioso no Napoli, Barcelona e Boca Júniors, conquistou a Copa do Mundo de 86 como protagonista da seleção argentina. Como treinador, já comandou a seleção (2008-10), o Racing (1995) e outros clubes de menor expressão. Atualmente, é o treinador do Dorados de Sinaloa, do México e em três partidas, venceu uma e perdeu duas Divulgação
  •  Ole Solskjaer era chamado pela torcida de coração do Manchester United, tendo feito 126 gols em 366 jogos pelo clube. Um ídolo nato em Old Trafford
    Solskjaer (Molde FK) - Como jogador, Solskjaer fez história no Manchester United, ao fazer o gol do título da Liga dos Campeões, em 1998/99. Xodó da torcida inglesa, o atacante norueguês participou de 359 jogos, marcou 123 gols e deu 31 assistências. Além de ter conquistado seis títulos da Premier League. Atualmente, dirige o clube em que foi revelado, o Molde FK. No comando desde 2015, treinou a equipe também de 2011 e 2013. Já são 110 partidas (59 vitórias, 18 empates e 33 derrotas) e dois títulos do Campeonato Norueguês (2010/11 e 2011/12) GERRY PENNY / AFP
  •  Philipp Cocu (Fenerbahce)
    Philipp Cocu (Fenerbahce) - Ídolo no PSV e com boa passagem pelo Barcelona, Phillip Cocu foi um dos grandes volantes holandeses. Com carreira sólida como treinador, treinou o PSV de 2014 a 2018 e conquistou três títulos do Campeonato Holandês. Atualmente, se aventura na Turquia, no comando do Fenerbahce. São nove jogos, com duas vitórias, dois empates e cinco derrotas. O Fener ocupa a 13ª posição do Campeonato Turco (Foto: Reprodução)
  •  Cannavaro - Guangzhou Evergrande
    Fabio Cannavarro (Guangzhou Evergrande) - Único zagueiro eleito melhor jogador do mundo pela Fifa (2006) e capitão da Itália no título da Copa do Mundo de 2006, Fabio Cannavaro foi um dos maiores zagueiros da história do futebol italiano. Com passagens pelo Real Madrid e Juventus, Cannavaro, atualmente, é o treinador do Guangzhou Evergrande, da China. Na equipe desde 2017, soma 20 vitórias, oito empates e seis derrotas em 34 jogos. Conquistou o título da Supercopa da China, em 2017/18 (Foto: Divulgação / Guangzhou Evergrande)
  •  Hagi perde a paciência com cera de seu próprio jogador
    George Hagi (FC Viitorul) - Hagi foi, talvez, o maior jogador da história da Bulgária. Jogou em clubes como Barcelona, Real Madrid e Galatasaray. Jogou três Copas do Mundo (1990, 1994 e 1998). A Bulgária, em 1994, fez história ao eliminar a Argentina, nas oitavas de final. Em toda sua carreira, foram 112 gols e 47 assistência. Começou sua carreira sua carreira como treinador da seleção romena, em 2001. Desde então, passou pelo Galatasaray e Steua Bucarest, além de clubes de menor expressão. Desde de 2014, é o treinador do Viitorul, da Romênia. Ao todo, são 168 partidas, 74 vitórias, 36 empates e 58 derrotas. Conquistou o Campeonato Romeno, na temporada de 2016/17 Reprodução L!TV
  •  Joey Barton (foto:AFP)
    Joey Barton (Fleetwood Town) - Conhecido mais pelo que disse fora de campo do que seu desempenho dentro de campo, Joey Barton foi um jogador polêmico. Já chamou Thiago Silva de gordo, já mostrou as nádegas para a torcida do Manchester City, chamou o Ibra de narigudo e, recentemente, disse que Neymar é a Kim Kardashian do futebol. Com passagens por City, Rangers e Olympique de Marselha, Joey Barton dá seus primeiros passos como treinador. Atualmente, é o técnico do Fleetwood Town, da segunda divisão inglesa Joey Barton (foto:AFP)
  •  Nuno Espírito Santo
    Nuno Espírito Santo (Wolverhampton) - Com um time recheado de portugueses, o Wolverhampton tem feito boa campanha na Premier League, muito por conta do treinador português Nuno Espírito Santo. O clube ocupa a décima posição no campeonato. Como jogador, Nuno foi goleiro do Porto, Deportivo La Coruña e Dynamo de Moscou, além de outros clubes pequenos. Fez parte do elenco do Porto que foi campeão da Liga dos Campeões, em 2003/04. Nessa passagem, criou vínculo com José Mourinho, então treinador do Porto, uma das inspirações de Nuno Espírito Santo AFP
  •  Aitor Karanka (Nottingham Forest)
    Aitor Karanka (Nottingham Forest) - Como zagueiro do Real Madrid (1997-2002), Aitor Karanka conquistou três títulos da Liga dos Campeões (1997/98, 1999/00 e 2001/02). O espanhol é o atual treinador do Notthingham Forest, clube inglês que atualmente está na segunda divisão do Campeonato Inglês, mas que já conquistou dois títulos da Liga dos Campeões (1978/79 e 1979/80). Com 33 jogos, 11 vitórias, 11 empates e 11 derrotas, o Notthingham Forest de Karanka ocupa a nona posição da segunda divisão inglesa (Reprodução)
  •  Reiziger - Barcelona
    Michael Reiziger (Ajax U21) - Reiziger defendeu clubes como Milan, Ajax, PSV e Barcelona. O zagueiro holandês conquistou a Liga dos Campeões (1994/95) e dois títulos do Campeonato Holandês (1994/95 e 1996/96) com o Ajax. Atualmente, é o treinador do Ajax B, que disputa a segunda divisão do Campeonato Holandês. Reiziger também foi treinador interino da equipe principal, em 2017. Pelo Ajax B já são 43 partidas, com 27 vitórias, cinco empates e 11 derrotas. O clube ocupa a oitava posição da segunda divisão do Campeonato Holandês Reprodução
  •  Costinha Porto
    Costinha (CD Nacional) - Ex-volante, Costinha jogou pelo Monaco, Porto e Atlético de Madrid. Com 52 jogos pela seleção portuguesa, Costinha foi campeão da Liga dos Campeões (2003/04) e duas vezes campeão do Campeonato Português (2002/03 e 2003/04), com o Porto. Atualmente, o ex-jogador é o treinador do Nacional. Ao todo, são 48 partidas, 22 vitórias, 16 empates e dez derrotas. O clube português ocupa a 15ª posição do Campeonato Português Reprodução
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance