Confirmado: Assistente de Simeone deixará o Atlético de Madrid
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Confirmado: Assistente de Simeone deixará o Atlético de Madrid

Germán Burgos - Atlético de Madrid
Foto: Gabriel Bouys/AFP
Futebol Latino - 03/06/2020 - 11:30
Madri (ESP)
Não se trata mais de algo que circulava nos bastidores do futebol europeu, mas de fato consumado. Depois de alguns dias do surgimento da informação de que Germán Burgos tinha a ideia de sair do Atlético de Madrid ao fim da temporada 2019/2020 para seguir sua carreira como treinador, o próprio assistente de Diego Simeone no Atlético de Madrid aparece em um vídeo publicado pelo clube espanhol ratificando a ideia.

Burgos ainda fez o adendo em sua afirmação pontuando que existem algumas figuras específicas que teve contato em suas fases de jogador e assistente que influenciam diretamente nos seus conceitos futebolísticos ao ponto de "as levar na alma".

- No fim dessa temporada 19/20 darei os meus primeiros passos como treinador. Eu creio que, com mais de dez anos de experiência na primeira divisão, creio que estou plenamente capacitado para dirigir o destino de uma equipe. Entendo os toques de pessoas que me formaram como atleta e como treinador as quais eu levo na alma. Pessoas como Luis Aragonés, Carlos Griguol, Marcelo Bielsa, Américo Gallego... gente que me influencia e essas coisas não se esquece, sobretudo quando o tempo vai passando e você vê que as coisas que te disseram anteriormente se cumprem - analisou.

A profunda relação desenvolvida com Simeone desde os tempos de atleta no próprio Atleti passando pela seleção da Argentina e no período onde ambos sentaram no banco de reserva dos Colchoneros fez com que a comunicação de ambos se desse por simples olhares, assegura o Mono:

- (Simeone) É um amigo que conheço há muito tempo. Nos conhecemos profundamente, nos entendemos com sinais, sem sinais, com olhares, com uma cabeçada. Sempre digo, e já disse em outras entrevistas, que eu almocei e jantei mais com Cholo do que com a minha família. São os oito anos de seleção e quando jogamos no Atlético de Madrid, mais de oito anos aqui novamente no Atlético, é muito tempo. Nos entendemos com sinais e sem sinais, é maravilhoso.

Além de ratificar que quer deixar o clube com um título de representatividade como o da Liga dos Campeões da Europa (antes da pausa o time eliminou de maneira épica o Liverpool em pleno Anfield), Burgos encerrou a entrevista garantindo que não sentia estar dando um adeus, mas sim um "até logo" ao clube espanhol.

- Isso é um "Até logo", não um "Adeus", o futebol dirá se voltaremos a nos ver. Que sigam lutando, não claudiquem, persigam seus sonhos. Não estamos vivendo épocas agradáveis, mas não claudiquem, sigam lutando, briguem pela vida e nos vemos no futebol - finalizou.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance