Confira as dez maiores transações da história do futebol brasileiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



11/10/2018 | 17:26

Confira as dez maiores transações da história do futebol brasileiro

  •  Montagem Neymar (PSG), Vinicius Jr (Real), Rodrygo (Santos) e Paquetá (Fla)
    Conhecido por ser um celeiro de craques para o mundo, o Brasil vendeu mais uma joia para o futebol europeu. Nesta semana, Lucas Paquetá teve sua transferência confirmada pelo Flamengo junto ao Milan, por 35 milhões de euros, cerca de R$150 milhões. Com isso, o jovem se torna a quinta transferência mais cara do futebol brasileiro. Veja a lista dos 10 mais caros Divulgação
  •  Barcelona 3x0 Celta de Vigo - gol de Neymar - 2014
    Neymar Neymar foi vendido ao Barcelona em 2013 por 88,4 milhões de euros, cerca de R$ 250,05 na cotação da época. Entretanto, o Santos ficou com apenas 17 milhões de euros. O jogador tinha apenas 11 anos quando começou a jogar na base do Peixe e, apesar de ter sido analisado pelo clube catalão dois anos antes, o contrato foi assinado na hora certa. Hoje, Neymar lidera a maior venda de um jogador brasileiro da história. (Foto: LLUIS GENE / AFP)
  •  Vinicius Júnior - Flamengo
    Vinicius Júnior Com apenas 16 anos, Vinicius Junior se tornou a segunda maior venda do futebol brasileiro. O atacante do Flamengo foi vendido ao Real Madrid por 45 milhões de euros em maio de 2017, cerca de R$ 164 milhões na cotação da época. (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
  •  Rodrygo
    Rodrygo O jovem jogador do Santos teve sua venda concretizada junto ao Real Madrid. Assim como Vinícius Junior, Rodrygo também foi vendido por 45 milhões de euros, no entanto, na cotação da época, o menino da vila teve seu preço em R$ 193 milhões. (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Lucas Moura - Sumido no PSG, o meia voltou a jogar na última sexta-feira e marcou um dos gols do PSG na vitória de 5 a 1 sobre o Metz.
    Lucas Moura Em 2012, o São Paulo acertou com o PSG a venda do meia-atacante Lucas por 43 milhões de euros, cerca de R$ 108,34 milhões na cotação da época. O valor foi pago à vista e o jogador foi integrado ao time francês em janeiro de 2013. Durante os três anos que atuou no profissional do São Paulo, Lucas conquistou a Copa Sul-Americana de 2012. Na base, um dos títulos foi a Copa São Paulo de 2010. DUANE BURLESON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
  •  Paquetá
    Lucas Paquetá O meia de de 21 anos do Flamengo teve sua venda praticamente concretizada nesta semana. O Rubro-Negro confirmou o negócio com o Milan (ITA) na casa de 35 milhões de euros, cerca de R$150 milhões na cotação atual. O Fla terá direito a 70% do valor, 25 milhões de euros (R$107 milhões). Com a camisa do clube carioca, Paquetá conquistou um Campeonato Carioca (2017).  Marcelo de Jesus / Raw Image
  •  Gabriel Jesus
    Gabriel Jesus Gabriel Jesus foi vendido pelo Palmeiras ao Manchester City com apenas 19 anos, em 2016. O valor da compra do atacante foi de 32,71 milhões de euros, cerca de R$ 121,1 milhões. Durante os dois anos em que defendeu o Verdão como profissional, o jogador conquistou a Copa do Brasil de 2015 e o Campeonato Brasileiro de 2016. (Foto: Ben Stansall/AFP)
  •  Oscar - Chelsea
    Oscar Oscar foi vendido ao Chelsea em 2012 por 32 milhões de euros, cerca de R$ 79 milhões na cotação da época. O jogador ficou no Colorado por apenas dois anos. Anteriormente, no São Paulo, Oscar havia conquistado o Campeonato Brasileiro de 2008. A venda foi a maior já realizada pelo clube gaúcho. (Foto: Divulgação)
  •  Denilson  - Betis
    Denílson Em 1997, o Betis pagou 31,5 milhões de dólares para tirar o meia-atacante Denílson, do São Paulo. Na época, ele foi o jogador mais caro da história. O jogador acertou um contrato de 11 anos com o time espanhol com o acordo de receber três milhões de euros por temporada. (Foto: Divulgação)
  •  Arthur - Grêmio
    Arthur Em março deste ano, o Grêmio acertou a venda de Arthur para o Barcelona por 30 milhões de euros (R$ 120 milhões) que podem ser somados a outros 10 milhões de euros (R$ 40 milhões) a título de objetivos do volante, como convocações para a Seleção Brasileira. Apesar de a transferência estar concretizada, o volante que foi destaque da última Libertadores da América fica no time brasileiro até dezembro de 2018. (Foto: Lucas Uebel/ Grêmio/Divulgação)
  •  Bologna x Inter - Gabigol
    Gabigol Gabigol estava sendo disputado pelo Inter de Milão e pela Juventus. Para atrair o jogador, a Internazionale de Milão ofereceu cinco milhões de euros a mais do que o valor oferecido pela Juventus. A venda foi concretizada por 25 milhões de euros, cerca de R$ 91 milhões de reais. (Foto:Divulgação/Twitter Inter de Milão)
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance