Clichê: Arsenal decepciona novamente e empata em casa contra o Wolverhampton
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Clichê: Arsenal decepciona novamente e empata em casa contra o Wolverhampton

ARSENAL - WOLVES
Jogadores do Arsenal decepcionados após novo tropeço na Premier League (IAN KINGTON / AFP)
LANCE! - 02/11/2019 - 14:25
Rio de Janeiro (RJ)
E voltou a acontecer. Neste sábado, diante de seus torcedores, no Emirates Stadium, o Arsenal tropeçou mais uma vez no Campeonato Inglês e não passou do empate com o Wolverhampton por 1 a 1. O time teve boa atuação no primeiro tempo, mas caiu de rendimento na etapa final e foi castigado. É o segundo jogo sem vitória dos londrinos, o segundo em casa. Na rodada passada, tinham empatado com o Crystal Palace por 2 a 2.

O Arsenal é o quinto colocado, com 17 pontos, e pode ver o Chelsea abrir seis pontos de vantagem na disputa por vaga na Liga dos Campeões, em caso de vitória contra o Watford. O Wolverhampton, por sua vez, é o 11º, com 13.

PRESSÃO LONDRINA
Necessitando da vitória depois do empate contra o Crystal Palace, no Emirates, na rodada anterior, o Arsenal começou a mil por hora. A primeira oportunidade clara saiu aos 7 minutos, após bom passe de Ceballos que terminou em finalização fraca. Depois de tanto pressionar, o Arsenal abriu o placar aos 20 minutos. Guendouzi avançou pelo direito e cruzou para Lacazzete. O francês, com extrema categoria, dominou, girou sob a marcação de Saiss e tocou para Aubameyang, na pequena área, chegar batendo de direita, no canto esquerdo de Rui Patrício, para abrir o placar.

WOLVERHAMPTON MELHORA
A mudança de postura do Wolverhampton no segundo tempo foi clara. O time, treinado pelo português Nuno Espirito Santo, avançou as linhas e, aos poucos, foi sufocando o Arsenal. A partir daí, os visitantes passaram a encher a área do Arsenal de cruzamentos. Com João Moutinho cruzando para os atacantes, os londrinos passaram por apuros. Percebendo isso, Unai Emery reforçou o meio-campo, colocando Bukayo Saka no lugar de Torreira.

EMPATE E SILÊNCIO NO EMIRATES
A pressão do Wolverhampton foi premiada e o time empatou aos 30 minutos. João Moutinho cruzou na medida e Raúl Jiménez chegou concluindo de cabeça para vencer Leno e silenciar o Emirates. Unai Emery parecia não acredita, muito menos os torcedores. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance